Colômbia expulsa diplomatas argentinos após comentários de Milei contra Petro

Colômbia expulsa diplomatas argentinos após comentários de Milei contra Petro

Declarações do presidente argentino desencadeiam medida drástica da Colômbia

A Colômbia tomou uma decisão contundente em resposta aos comentários do presidente argentino, Javier Milei, sobre o presidente colombiano, Gustavo Petro. Na quarta-feira (27.mar.2024), o Ministério das Relações Exteriores da Colômbia anunciou a expulsão de diplomatas argentinos de sua embaixada no país.

As declarações de Milei, feitas em uma entrevista à CNN, onde ele referiu-se a Petro como “terrorista”, “assassino” e “comunista”, desencadearam a medida.

Segundo comunicado emitido pelo ministério colombiano, os comentários de Milei não apenas minaram a confiança entre as nações, mas também feriram a dignidade do presidente Petro, que foi eleito democraticamente. Essa não é a primeira vez que as palavras de Milei geram controvérsia diplomática entre os dois países. Em janeiro, a Colômbia já havia convocado seu embaixador na Argentina em resposta a comentários semelhantes proferidos pelo presidente argentino.

Gustavo Petro, o primeiro presidente de esquerda da Colômbia, tem um passado ligado ao movimento guerrilheiro M-19, que já foi desmobilizado há muito tempo. Enquanto isso, Milei, que se define como libertário, não hesitou em criticar outros líderes regionais durante a entrevista, incluindo o presidente mexicano Andrés Manuel López Obrador.

Foto: RS/via Fotos Publicas

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês