Polícia Federal combate exploração sexual infantojuvenil no RN

Polícia Federal combate exploração sexual infantojuvenil no RN

Durante as buscas realizadas em dois endereços, um homem acabou preso em flagrante na cidade de Parnamirim

A Polícia Federal deu início, na manhã da última terça-feira (2.abr.2024), à quinta e sexta fases da Operação Carancho, uma investida direta no combate ao armazenamento e compartilhamento de imagens de abuso sexual infantojuvenil.

A ação envolveu um efetivo de 13 Policiais Federais, que executaram dois mandados de busca e apreensão nas cidades de Parnamirim e Extremoz, região metropolitana de Natal. Como resultado da operação, computadores e celulares foram apreendidos para análise pericial. Durante as diligências, um homem de 32 anos foi detido em flagrante.

Os delitos sob investigação encontram-se tipificados no Estatuto da Criança e do Adolescente, com penas que podem atingir até 18 anos de reclusão. É importante ressaltar que, com a recente mudança legislativa, a posse, aquisição ou armazenamento, por qualquer meio, de material contendo cenas de sexo explícito envolvendo menores passou a ser considerado crime hediondo.

Além da análise do material apreendido, a Polícia Federal está apurando se os investigados também estão envolvidos em crimes de estupro de vulnerável e produção de conteúdo de abuso sexual infantojuvenil.

Após ser submetido a exame de corpo de delito no Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP), o acusado permanece sob custódia na sede da PF, à disposição das autoridades judiciais.

Foto: Divulgação/PF

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês