Polícia Civil deflagra “Operação Sucata” e recupera cabos de telecom e baterias furtadas em Mossoró

Polícia Civil deflagra "Operação Sucata” e recupera cabos de telecom e baterias furtadas em Mossoró

Operação conjunta reúne forças policiais e órgãos públicos para reprimir receptação de fios de cobre e outros materiais

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte, em conjunto com o Corpo de Bombeiros, a Companhia Energética do Rio Grande do Norte (Neonergia Cosern) e a Secretaria de Estado da Fazenda (SEFAZ), deflagrou nesta terça-feira (15.mai.2024) mais uma fase da “Operação Sucata”. A ação, que tem como objetivo combater o tráfico de metais, especialmente fios de cobre, fiscalizou ferros-velhos e empresas de reciclagem na região da Costa Branca.

Ao longo da operação, quatro estabelecimentos foram vistoriados nas cidades de Areia Branca e Serra do Mel. Em um dos alvos, em Serra do Mel, a Polícia Civil apreendeu dez quilos de cabos metálicos de uma operadora de telefonia e internet, além de três baterias estacionárias. A ação contou com a colaboração de empresas de telefonia móvel e a coordenação da Divisão de Polícia Civil do Oeste (DIVIPOE).

As investigações da “Operação Sucata” continuam em andamento com o objetivo de identificar e responsabilizar os envolvidos na receptação e comercialização de materiais ilícitos. Os proprietários dos estabelecimentos fiscalizados também serão investigados.

A “Operação Sucata” tem um caráter pedagógico e preventivo, orientando os proprietários de empresas a não comprar ou comercializar materiais sem procedência. A Polícia Civil também solicita à população que continue enviando informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181.

Fotos: Divulgação/Polícia Civil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Midway Mall comemora 19 anos com sorteio de três BYD zero quilômetro e desfile de moda Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar