Thiago Martins

Bandeira vermelha: segundo bolsonaristas, Dilma é a culpada pelo aumento na taxa extra da conta de luz

Na coluna de Thiago Martins: Dilma Rousseff é a culpada pelo aumento na bandeira vermelha, que entra hoje em vigor no Brasil, de acordo com bolsonaristas.

Mesmo não sendo mais presidente do Brasil, Dilma Rousseff é a culpada pelo aumento na bandeira vermelha da conta de luz, aprovado recentemente e que já entra em vigor hoje. “Escolhas erradas” da época em que ela presidia o país fazem com que tenhamos que pagar os altos valores da energia hoje, justificam blogueiros governistas, em repetidas matérias nas quais tentam livrar a imagem do governo Bolsonaro da culpa pelo aumento.

Aliás

A narrativa é quase a mesma quando o assunto é o absurdo e exorbitante preço dos combustíveis. Neste caso, a culpa recai sobre os governadores e os impostos estaduais.

É fato

Ninguém gosta de pagar impostos, e há uma alta carga. Mas a ridícula política de preços associada ao dólar não tem qualquer cabimento. Em Natal, o litro da gasolina custa R$ 6,29.

De toda forma

Retirando todos os impostos (inclusive os estaduais), a política de preços tende a deixar os combustíveis caros. Mas a culpa não é do presidente, ‘taoquei’?!

Orar é essencial em Mossoró…

Li no bem informado Blog do amigo Saulo Valle, de Mossoró, que a Câmara Municipal da capital do oeste aprovou, na terça-feira (29), o Projeto de Lei 54/2021, de autoria do vereador Lamarque Oliveira (PSC), que estabelece igrejas, templos e cultos de qualquer denominação religiosa como atividade de caráter essencial em períodos de calamidade pública na cidade.

… E também em Natal

Tivemos lei semelhante em Natal, apresentada logo no início da atual legislatura, pela vereadora Camila Araújo (PSD), nome que tem se destacado entre os parlamentares da capital. A matéria foi aprovada no dia 25 de fevereiro.

… Na verdade, em todo RN

O estado também tem lei que considera as igrejas como atividade essencial, devendo os templos permanecerem abertos. Coube ao deputado Albert Dickson apresentar o projeto, também aprovado e já sancionado, até mesmo com direto a outdoor. Não são só seus vídeos indicando remédios sem comprovação contra Covid-19 que o marido da deputada federal Carla Dickson divulga! Que bom!

No aquecimento

Quem começa a se destacar, especialmente pelas críticas feitas ao Governo do Estado, é o prefeito de Ceará-Mirim, Júlio César (PSD). O gestor tem feito uma administração excelente no município, e é também o primeiro vice-presidente da FEMURN. Eleito inicialmente para um mandato “tampão” de um ano, em dezembro de 2019, Júlio não pretendia nem mesmo ir para a reeleição, em novembro de 2020. Mas, a boa administração lhe rendeu tanta aceitação, que foi reeleito com 81,40% no ano passado.

Por que não?

Para quem não pretendia nem ser candidato a reeleição, Júlio tem conquistado grandes feitos – com o mérito de sua boa administração, que fique registrado – e muita articulação política, como na ocasião em que fez questão de ser 1º vice-presidente da FEMURN, ou inviabilizaria a chapa. Por que, então, não concorrer ao governo no próximo ano? Terá o recall de uma boa administração, de ter sido gestor de uma cidade grande, e a vaga que o grupo opositor a Fátima tanto precisa, mas que está difícil de decolar.

Até lá…

O grupo de oposição ao governo estadual segue tampando o sol com a peneira na definição do nome. A determinação da vez é afirmar Rogério Marinho como candidato a governo, defesa que tem sido feita pelo prefeito de Natal, Álvaro Dias (PSDB), como na entrevista de ontem a rádio 97 FM, quando considerou que foi tirado do contexto na possibilidade de apoiar Fátima (PT), declaração dada ao programa “12 em Ponto 98”, da rádio 98 FM.

Foto: Isac Nóbrega/PR

Sobre Thiago Martins, colunista do Por Dentro do RN

Thiago Martins tem 28 anos, é jornalista formado pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), atuante do jornalismo político no Estado. Apesar de sua maior dedicação ser na área de Assessoria de Comunicação, observa e acompanha as principais ações políticas do Rio Grande do Norte, do Brasil, e do mundo, e escreve nesta coluna a respeito do tema. É proibida a reprodução total ou parcial deste texto sem autorização do autor e sem a inserção dos créditos, de acordo com a Lei nº 9610/98.

Gostou do texto? Siga-me em minhas redes sociais.
Para mais textos meus, clique aqui.

Instagram:@thiagolmmartins
Tem alguma pauta interessante pra mandar? Envie para:[email protected]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.