Tremor de Terra em natal

Tremor de terra em Natal: natalenses sentem pequeno abalo e movimentam as redes; LabSis confirma evento sísmico

Tremor de terra em Natal foi sentido nos primeiros minutos do domingo, 25 de julho; Laboratório Sismológico da UFRN confirma.

Não, caro leitor do Por Dentro do RN, você não está enganado. Se algum natalense ou morador da região metropolitana de Natal estava acordado no início da madrugada deste domingo (25) e tem Twitter e/ou Instagram, provavelmente, sentiu e comentou sobre um pequeno abalo sísmico que fez tremer a terra na capital potiguar. De acordo com o Laboratório Sismológico da UFRN (LabSis), o evento sísmico foi registrado pela estação de Riachuelo, que monitora os tremores.

Image
Foto: Reprodução/Twitter/Norton Rafael

Informações iniciais do Labsis/UFRN dão contam que o tremor de terra em Natal, na verdade, ocorreu no oceano e teve magnitude de 3,5 graus na escala Richter. A região é conhecida pelos tremores de baixa magnitude e que, dificilmente, causam maiores problemas no continente. Os comentários nas redes sociais, todavia, são livres e, muitas vezes, engraçados.

Image
Foto: Reprodução/LabSis/UFRN

Antes do tremor na madrugada do domingo, o LabSis já havia confirmado dois abalos por volta das 14h e 20h (UTC) deste sábado, 24, com magnitudes de 2,5 e 1,8 respectivamente; em uma área próxima da área onde ocorreu o tremor de maior magnitude.

Confira abaixo a nota do LabSis sobre os pequenos abalos que antecederam, ainda no sábado, o tremor de terra em Natal que foi reportado pelos internautas:

Neste sábado (24), às 14h39 e 20h04 UTC respectivamente , foi registrados dois  tremor de terra, de magnitude preliminar 2.5 mR e 1.8 mR,  na plataforma continental, no litoral do estado do Rio Grande do Norte. Os eventos foram registrados pelas estações sismográficas localizadas no município de João Câmara, que contém duas estações atualmente, e uma estação sismográfica no município de Riachuelo. Na última segunda-feira (19), outro evento também foi registrado pelas estações sismográficas operadas pelo Laboratório Sismológico da UFRN na região da plataforma continental. O evento ocorreu às 04h39 UTC e teve sua magnitude preliminar calculada em 1.9 mR.

O LabSis segue monitorando e divulgando a atividade sísmica da região Nordeste em tempo real.

Tremor de Terra em Natal
Foto: Reprodução/LabSis

Atualização sobre o tremor de terra em Natal às 5h23 do dia 25 de julho de 2021.

O LabSis acaba de emitir uma nota atualizando as informações sobre os tremores que foram sentidos em Natal no início deste domingo. Em postagem publicada no site oficial do Laboratório, os pesquisadores também informam que os eventos ocorreram na plataforma continental, no litoral brasileiro.

Mapa de localização do tremor de terra em Natal
Foto: Reprodução/LabSis

Leia abaixo:

Neste domingo (25), uma serie de tremores voltaram a ser registrado na plataforma continental com vários tremores mostrados na tabela abaixo.

25/07/2021 03:06 -05.12 S ; -35.05 W 3.0 mR Plataforma Continental RN

25/07/2021 03:25 -05.17 S ; -35.10 W 1.5 mR Plataforma Continental RN

25/07/2021 03:26 -05.15 S ; -35.03 W 3.5 mR Plataforma Continental RN

25/07/2021 03:53 -05.07 S ; -35.15 W 2.1 mR Plataforma Continental RN

25/07/2021 04:25 -05.15 S ; -35.05 W 1.5 mR Plataforma Continental RN

Todos na plataforma continental, no litoral do estado do Rio Grande do Norte. Os eventos foram registrados pelas estações sismográficas localizadas no município de João Câmara, que contém duas estações atualmente, e uma estação sismográfica no município de Riachuelo. Vários outros eventos já haviam sido noticiados aqui pelo LABSIS ocorridos nessa mesma região durante os últimos dias. Recebemos vários relatos que esse evento mais forte foi sentido por varias pessoas da região litorânea e ate da capital Natal.

O LabSis segue monitorando e divulgando a atividade sísmica da região Nordeste em tempo real.

Foto: Reprodução/LabSis/UFRN

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.