Mulher é morta a tiros em lanchonete no município de Florânia; Klébia Monteiro Anulino tinha 38 anos

Mulher é morta a tiros em lanchonete no município de Florânia; Klébia Monteiro Anulino tinha 38 anos

Uma mulher foi morta a tiros dentro da sua própria lanchonete, no município de Florânia, na região Seridó do Rio Grande do Norte. O caso aconteceu por volta das 19h da terça-feira (27.set.2022). Klébia Monteiro Anulino tinha 38 anos, e era conhecida como “Galega”. Segundo a Polícia Militar (PM), Klébia estava trabalhando na venda de lanches quando dois criminosos chegaram ao local de carro, efetuaram os disparos, e fugiram em seguida. De acordo com testemunhas, os autores dos disparos chegaram a discutir com a mulher antes de atirar contra ela.

Ainda segundo a PM, Klébia Monteiro já tinha sido presa por tráfico de drogas da região. Familiares também afirmaram aos agentes que ela já vinha sofrendo ameaças de morte. Policiais do 13º Batalhão de Polícia realizaram buscas na região, mas até o momento nenhum suspeito foi preso. Também não há informações sobre a localização ou identidade dos autores do crime. Equipes do Instituto Técnico-Científico de Perícia recolheram o corpo no local do crime. A Polícia Civil vai investigar o caso.

Foto: Reprodução

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês