Procuradoria Regional Eleitoral pede afastamento imediato do prefeito de Assú, Gustavo Soares

Procuradoria Regional Eleitoral pede afastamento imediato do prefeito de Assú, Gustavo Soares

Prefeito de Assú e vice-prefeita do município tiveram os mandatos cassados por captação ilícita de votos e abuso de poder econômico nas eleições de 2020.

Através de um parecer, a Procuradoria Regional Eleitoral, do Ministério Público Eleitoral (MPE), pediu o afastamento imediato do prefeito de Assú, Gustavo Soares (PL), e da vice-prefeita, Fabielle Bezerra (PL) dos cargos. O afastamento dos gestores seria a aplicação imediata da decisão de primeira instância, que cassou os mandatos de Gustavo e Fabielle por captação ilícita de votos e abuso de poder econômico nas eleições de 2020.

A decisão de cassar os mandatos foi da juíza da 29ª Zona Eleitoral em Assú, Suzana Dantas Corrêa, no mês passado. A magistrada também condenou o prefeito à sanção de inelegibilidade pelo prazo de oito anos, a contar de 15 de novembro de 2020, além do pagamento de multa no valor de 20 mil UFIRs. O MPE também requisitou novas eleições para a escolha de novos titulares para os cargos.

Segundo a denúncia do MPE, pessoas que integraram a “cúpula política de apoio” ao então candidato Gustavo Soares, realizaram compra de votos visando beneficiá-lo em número de votos suficiente para modificar o resultado final da eleição municipal de Assú em 2020. Como a sentença não tem efeito imediato, o prefeito pode recorrer ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e aguardar o andamento do processo no exercício do mandato.

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês