Projeto Cirandar comemora os 195 anos do nascimento de Lourival Açucena

Projeto Cirandar comemora os 195 anos do nascimento de Lourival Açucena

Evento será no dia 19 de novembro, das 17h às 21h, no Goodala Burguer

Tido como o primeiro poeta potiguar por diversos pesquisadores, historiadores e escritores – entre eles Henrique Castriciano e Câmara Cascudo que foram os primeiros a divulgarem o poeta – o selo editorial Giro promove o Projeto Cirandar, que celebra os 195 anos de nascimento de Lourival Açucena.

O evento, que é gratuito, acontece no próximo sábado, dia 19 de novembro, das 17h às 21h, no espaço Goodala Burguer; e é composto da I Feira Literária Cirandar, com a participação de mais de 30 poetas, artistas e escritores, incluindo: Jeanne Araújo, Marina Rabelo, Thiago Medeiros, Anchella Monte, Clarissa Torres, Civone Medeiros, Renata Marques, André Tessaro Pelinser. Araceli Sobreira, Rosa Régis, Telma Rodrigues, Jean Sartief, Eugenio Oliveira, Lucas Der Leyweer, Drika Duarte, Mulherio das Letras de Nísia Floresta, Mulherio das Letras Zila Mamede, Rejane Souza, José de Castro,  Ana Souza, Gessyka Santos, Gonzaga Neto, Cefas Carvalho, Cristal e Leander Moura, Kalina Paiva, Mário Rasec, Michelle Ferret, Cadu Araújo, MST, Ana mendes, Regina Azevedo, Lúcia Eneida, Assum Preto, Cellina Muniz, entre outros.  

Durante a feira, serão lançados uma revista literária e um mini documentário sobre o poeta Lourival Açucena recheado de entrevistas interessantes com pesquisadores, historiadores e uma de suas tetranetas, Eneida Ferreira que também é poeta. O Projeto Cirandar tem o apoio do Edital Sebrae de Economia Criativa 2022. Haverá lançamentos de livros, relançamentos, recitais e um show musical com o artista Luiz Gadelha, que desenvolve um trabalho autoral voltado para a gravação de muitos poetas.

Lourival Açucena

Ele nasceu no período imperial brasileiro e, em 1827, entrou pela República e viu algumas transformações da cidade do Natal. Conhecia todos os políticos. Estudou na primeira fase do colégio Atheneu e, ao sair, empregou-se nos Correios. Paralelo à carreira de funcionário público, exercia a de poeta, boêmio e seresteiro. Era famoso na Natal daquela época, mas também um homem simples, devoto religioso o que não impedia de ser namorador. Teve inúmeras namoradas, três casamentos que constam como “oficiais” e uma leva de 32 filhos. Morreu em pobreza grave, ignorado por uma nova época e costumes que lhe pesavam sobre seus olhos já tristes e alma livre”, explicou Jean Sartief, que atualmente escreve um livro sobre o bardo.

Ainda de acordo com as pesquisas, Lourival chegou ao cargo de Oficial Maior e também recebeu a patente de capitão. Foi ainda ator, músico e compositor sem deixar livros publicados. Câmara Cascudo, com ajuda de um de seus filhos, Professor Joaquim (conhecido como Panqueca) reuniu em livro intitulado ‘Versos’ os poemas do desbravador da poética potiguar.

Documentário

Os documentários farão parte de uma web série que pretende dar um panorama da poesia potiguar desde Lourival Açucena. Nesse sentido, o documentário de estreia é sobre o homenageado. O material conta com a participação de: Cláudio Galvão, Maiara Gonçalves, Vicente Serejo, Eneida Ferreira, Prof. Luiz Medeiros, Cassiano Arruda, Abimael Silva, Tarcísio Gurgel, Marcus Victor, entre outros.

Revista Literária-poética-visual Cirandar

Neste primeiro número da Revista literária-poética-visual, Lourival Açucena também é o homenageado. A historiadora Maiara Gonçalves presenteia os leitores com um artigo. O professor Helder Macedo conta a sua experiência de inserir poesias/livros/poetas potiguares na sala de aula. A revista é uma verdadeira ciranda poética com indicações de artistas e tem também a arte de Filipe Anjo.

Contatos:
Rita Machado – 9.9654.3504
Produção local – 9.9813.9467

Serviço:
Feira Literária Cirandar
Sábado, 19 de novembro de 2022
Das 17h às 22h
Espaço Goodala Burguer
Rua Arabaiana, 3100, Ponta Negra.
Gratuito.

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês