Exército vira alvo de CPI no Distrito Federal após depoimento de coronel da PM

Exército vira alvo de CPI no Distrito Federal após depoimento de coronel da PM

Coronel foi ouvido na CPI que investiga os atos antidemocráticos de 8 de janeiro deste ano

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Câmara Legislativa do Distrito Federal, que investiga os atos antidemocráticos de 8 de janeiro deste ano, ouviu na última quinta-feira (16.mar.2023) o coronel da Polícia Militar Jorge Eduardo Naime.

Durante seu depoimento, o coronel relatou a proteção oferecida pelos militares do Exército aos bolsonaristas. Ele apresentou nomes e datas que comprovariam tal colaboração, o que levou os parlamentares a tentarem alcançar pessoas da Força, submetida ao governo federal, dentro da Comissão distrital.

Naime, que atualmente está preso por investigações relacionadas à tentativa de golpe em inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF), é ex-comandante de Operações da PMDF. Durante seu depoimento, ele detalhou situações em que a PMDF teria sido impedida pelo Exército de realizar operações contra criminosos que pediam pelo golpe.

Uma das decisões tomadas pela CPI foi a aprovação do requerimento de convocação do general Augusto Heleno, ex-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) do governo de Jair Bolsonaro. Ainda não há data definida para o seu depoimento, mas como ele não possui cargo na União atualmente, pode ser convocado. Já o general Gonçalves Dias, atual chefe do GSI, recebeu um convite para prestar esclarecimentos, mas tem a opção de não comparecer à sessão.

Além desses, outros nomes do Exército estão sendo estudados pela Câmara Legislativa para avaliar se é competência da Comissão investigá-los.

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

MAIS LIDAS DO DIA

Casas Bahia abre vagas para PCD no Nordeste São João em Natal: Edição 2024 será mais modesta, diz prefeito Pesquisa Prefeitura de Natal 2024: Carlos Eduardo lidera levantamento do Instituto Seta MPRN recomenda que governo do RN não aumente salários nem faça concursos para evitar colapso fiscal Midway Mall comemora 19 anos com sorteio de três BYD zero quilômetro e desfile de moda Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal