Pessoas com comorbidades já estão aptas a receber a vacina bivalente contra a covid-19 em Natal

Pessoas com comorbidades já estão aptas a receber a vacina bivalente contra a covid-19 em Natal

Para receber a vacina, é necessário ter concluído o esquema básico com as duas primeiras doses

A Secretaria Municipal de Saúde de Natal anunciou a ampliação do público apto a receber a vacinação contra a Covid-19 com o imunizante bivalente Pfizer. Agora, pessoas com comorbidades a partir de 12 anos de idade também estão incluídas. Para receber a vacina, é necessário ter concluído o esquema básico com as duas primeiras doses há pelo menos quatro meses. 

Os pontos de vacinação seguem sendo nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 15h. Além disso, também é possível se vacinar nos pontos extras do Midway Mall, Via Direta e Partage Norte Shopping, de segunda a sábado, das 14h às 20h.

Para se vacinar, é necessário apresentar a autodeclaração de comorbidade ou já possuir cadastro no sistema. 

Além das pessoas com comorbidades, outras fases já foram contempladas com a vacinação: idosos a partir de 60 anos, pessoas de instituições de longa permanência (ILPs), residência inclusiva (RI), trabalhadores destas instituições, imunossuprimidos a partir de 12 anos, comunidades ribeirinhas, quilombolas e indígenas, gestantes, puérperas, trabalhadores da saúde, pessoas com deficiência permanente, população privada de liberdade a partir de 18 anos, funcionários do sistema prisional e adolescentes cumprindo medidas socioeducativas (menores de 18 anos). 

A Secretaria Municipal de Saúde esclarece que todas essas pessoas ainda podem ser vacinadas. Confira a lista de doenças que garantem o direito à vacinação bivalente:

  • Diabetes mellitus;
  • Pneumopatias crônicas graves;
  • Hipertensão Arterial Resistente (HAR);
  • Hipertensão arterial estágio 3;
  • Hipertensão arterial estágios 1 e 2 com lesão em órgão-alvo;
  • Insuficiência cardíaca (IC);
  • Cor-pulmonal e Hipertensão pulmonar;
  • Cardiopatia hipertensiva;
  • Síndromes coronarianas;
  • Valvopatias;
  • Miocardiopatias e Pericardiopatias;
  • Doenças da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas;
  • Arritmias cardíacas;
  • Cardiopatias congênita no adulto;
  • Próteses valvares e Dispositivos cardíacos implantados;
  • Doenças neurológicas crônicas e distrofias musculares;
  • Doença renal crônica;
  • Hemoglobinopatias e disfunções esplênicas graves;
  • Obesidade mórbida;
  • Síndrome de Down e outras Síndromes genéticas;
  • Doença hepática crônica.

Foto: Joana Lima/Prefeitura de Natal

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês