Professores da rede pública do RN decidem manter greve

Professores da rede pública do RN decidem manter greve

Última proposta apresentada pelo governo estadual foi recusada pelos professores

Os professores da rede pública de ensino do Rio Grande do Norte decidiram manter a greve da categoria, iniciada em 7 de março, após nova assembleia realizada na última terça-feira (4.abr.2023). O movimento reivindica um reajuste salarial de 15%. A última proposta apresentada pelo governo estadual foi recusada pelos professores em 29 de março.

O governo do RN afirmou que aguarda uma contraproposta dos professores para negociar. O Sindicato dos Trabalhadores em Educação do RN (Sinte-RN) afirmou que apresentará uma nova proposta de reajuste salarial, que consiste em um aumento de 7,21% em abril, 3,61% em agosto, 3,41% em setembro, além de um pagamento retroativo em 2023, para ativos e aposentados.

Segundo o Sinte-RN, atualmente, o estado conta com cerca de 10 mil professores na rede de educação. A última proposta apresentada pelo governo estadual previa a aplicação imediata de um reajuste de 14,95% para os educadores que estivessem abaixo do piso, com efeito retroativo a janeiro de 2023. Já para os demais, o reajuste seria de 7,21% em maio, 3,61% em novembro e 3,49% em dezembro, totalizando 14,95%. O pagamento do retroativo ocorreria em oito parcelas com início em maio de 2024.

A continuidade da greve foi motivo de divergência entre os educadores presentes na assembleia. Enquanto alguns defendem a continuidade do movimento, outros afirmam que a paralisação deve ser encerrada. Ainda não há previsão para uma nova rodada de negociações entre governo e professores.

Foto: Lenilton Lima/SInte-RN

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês