Desmatamento na Amazônia e Cerrado atinge níveis preocupantes em 2023

Desmatamento na Amazônia e Cerrado atinge níveis preocupantes em 2023

As informações foram publicadas neste sábado (8) pelo Estadão

O desmatamento na Amazônia e no Cerrado atingiu níveis preocupantes no primeiro trimestre de 2023, de acordo com o sistema de alertas do Deter, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). As informações foram publicadas neste sábado (8.abr.2023) pelo Estadão.

Na Amazônia, foram desmatados 844,7 km² no período, sendo que em março foram registrados 357,68 km² de desmatamento. No Cerrado, houve um recorde de devastação, com 1.357,38 km² perdidos entre janeiro e março deste ano, com um aumento de 99% em fevereiro em comparação com o ano anterior.

A falta de estrutura do Ibama, com menos de 350 agentes para fiscalizar todo o Brasil, tem sido apontada como um dos desafios para conter o desmatamento.

Em fevereiro, o novo presidente do Ibama, Rodrigo Agostinho, afirmou que a meta do governo é reduzir pela metade o índice de desmatamento em relação ao ano anterior. Ele destacou que o Ibama voltou a atuar após anos de paralisação, mas a estrutura do órgão ainda precisa ser recuperada, já que atualmente conta com menos de 350 agentes para fiscalizar todo o país, em comparação com os 2 mil fiscais que já chegou a ter em campo.

Mesmo com a expectativa de redução do desmatamento em março devido às chuvas, os dados indicam um aumento crescente do desmatamento na Amazônia em 2023.

Foto: Andre Borges/Agência Brasília

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês