Páscoa amarga: atrasos na Cacau Show preocupam clientes

Páscoa amarga: atrasos na Cacau Show preocupam clientes

Empresa emitiu uma nota lamentando a situação e afirmando que esse tipo de experiência não condiz com sua forma de atuação

Clientes da fabricante de chocolates Cacau Show estão enfrentando contratempos na véspera da Páscoa deste ano. Nas redes sociais, diversos consumidores relatam que não receberão os ovos de chocolate encomendados no site da empresa a tempo para o domingo de Páscoa (9.abr.2023). As informações foram publicadas pelo Estadão.

Ao longo da última quinta-feira, 6 de abril, inúmeros compradores manifestaram sua insatisfação nas redes sociais da marca, especialmente no Instagram. Muitos deles afirmaram ter feito a encomenda e efetuado o pagamento com antecedência, porém não receberam o produto dentro do prazo informado pela Cacau Show.

Em resposta às reclamações, a Cacau Show emitiu uma nota lamentando a situação e afirmando que esse tipo de experiência não condiz com sua forma de atuação. A empresa declarou que apenas 0,3% dos pedidos estão com atraso e que estão trabalhando intensivamente para cumprir os prazos, com a expectativa de entregar os produtos até sábado, dia 8 de abril.

Foto: Arquivo/POR DENTRO DO RN/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês