Senac-RN abre inscrições para 484 bolsas em cursos à distância

Senac-RN abre inscrições para 484 bolsas em cursos à distância

Os participantes receberão certificados com validade nacional ao final da formação

O Senac do Rio Grande do Norte anunciou nesta sexta-feira (5.mai.2023) a abertura de inscrições para 484 vagas de bolsas de estudo em 64 cursos de ensino a distância em diversas áreas de atuação, incluindo gestão, informática e mídias sociais.

As inscrições são limitadas ao número de vagas disponíveis para cada capacitação e alguns cursos têm início imediato. Os participantes receberão certificados com validade nacional ao final da formação. Para se inscrever, o interessado deve ter uma renda familiar mensal per capita que não ultrapasse dois salários mínimos.

Segundo o Senac, os formatos remotos para trabalho e estudo estão cada vez mais estabelecidos como opções viáveis e a oferta da instituição se adapta a essas novas realidades, oferecendo oportunidades únicas de qualificação.

O programa de bolsas de estudos é viabilizado por meio do PSG e os interessados devem verificar os pré-requisitos de cada curso antes de se inscrever. As inscrições ficam abertas até que todas as vagas sejam preenchidas.

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês