Campanha oferece documentos gratuitamente no RN

Campanha oferece documentos gratuitamente no RN

Atendimentos serão das 9h às 13h, em uma estrutura montada na Praça André de Albuquerque, na Cidade Alta

Começou hoje (8.mai.2023) no Rio Grande do Norte a campanha “Registre-se”, que tem como objetivo fornecer documentos básicos para pessoas vulneráveis. A campanha segue até a sexta-feira (12.mai.2023) e terá atendimento ao público em Natal, com atendimentos das 9h às 13h, em uma estrutura montada na Praça André de Albuquerque, na Cidade Alta, na Zona Leste da capital.

A iniciativa, promovida pela Corregedoria Geral de Justiça do Tribunal de Justiça do Estado (TJRN), faz parte da Semana Nacional do Registro Civil, e oferece gratuitamente registros de nascimento, identidades, CPFs e carteiras de trabalho. A ação espera atender cerca de 350 pessoas.

A ideia do projeto é combater o sub-registro civil de nascimento no país e ampliar o acesso à documentação básica, com um foco especial na população em situação de rua, povos originários, população ribeirinha, refugiados e pessoas em cumprimento de medidas de segurança e egressos do cárcere.

A campanha busca ser realizada anualmente, sempre na segunda semana de maio.

Foto: Lúcio Bernardo Jr./Agência Brasília/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês