GPA amplia iniciativas de venda de ovos de galinhas livres de gaiolas

Image

Proteína passa a ser utilizada no preparo de refeições na Rotisserie e Espaço Café de lojas do Pão de Açúcar; rede tem mais de 60% das vendas de ovos sendo provenientes de galinhas livres de gaiolas

O GPA, primeira varejista alimentar brasileira a estabelecer um compromisso de bem-estar animal para a cadeia de ovos em suas lojas, vem avançando em seu compromisso referente a proteínas animais. Em 2022, a companhia cresceu 10 pontos percentuais, alcançando 40,2% de ovos cage-free do total vendido em todas as suas redes. Apenas nas lojas dos supermercados Pão de Açúcar, esses ovos representam mais de 60% das vendas da categoria, índice maior do que a média da companhia.

“O bem-estar animal tem sido uma pauta relevante na jornada de sustentabilidade da companhia. Diante de consumidores mais conscientes e uma atuação responsável, nossas metas, compromissos e iniciativas visam oferecer opções cada vez mais sustentáveis e com valor agregado, além de sensibilizar nossos clientes sobre os diferentes processos produtivos”, explica Mirella Gomiero, Diretora Executiva de RH e Sustentabilidade do GPA. O compromisso assumido pela companhia em 2017 prevê que até 2025 100% das vendas de ovos das marcas próprias da companhia serão provenientes de criação de galinhas livres de gaiolas, e até 2028, 100% dos ovos de todas as marcas vendidas nas bandeiras do Grupo serão deste tipo de criação.

Ainda, para fortalecer o compromisso do grupo nessa frente, mais de 130 lojas do Pão de Açúcar no Brasil passaram a utilizar os ovos de galinhas livres de gaiola desde fevereiro também na produção de itens da Rotisserie e do Espaço Café que são feitos e comercializados nas unidades.

“Os compromissos e o protagonismo em ESG do Pão de Açúcar são grandes diferenciais e pontos de identificação com nossos clientes, tanto que a rede é referência para quem procura opções sustentáveis. O segmento tem se consolidado cada vez mais no Pão e buscamos promover e incentivar o consumo desses produtos, apresentando iniciativas que, além de ampliar a oferta, também facilitem o acesso a alimentos frescos e de qualidade, como nos cafés e pratos das rotisseries”, reforça Paulo Epaminondas, Diretor de Operações do Pão de Açúcar.

Foto: Divulgação

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês