Seminário Lugar de Fala promove reflexões e debates no mês do Orgulho LGBTQIAP+

Seminário "Lugar de Fala" promove reflexões e debates no mês do Orgulho LGBTQIAP+

Evento online e gratuito reunirá vozes nacionais, estudiosos, líderes e autoridades para trazer à tona temas relevantes da agenda LGBTQIAP+

O Instituto Yduqs promoverá, no próximo dia 26 de junho, a segunda edição do seminário gratuito “Lugar de Fala”. O encontro se propõe a combater o preconceito e contribuir com a conscientização sobre os direitos da comunidade LGBTQIAP+ em diferentes painéis com a presença de especialistas convidados, que abordarão temáticas como: violência, manifestações, empregabilidade e empreendedorismo, direito e políticas públicas, além de celebrar o mês do orgulho.

Aberto ao público, o evento será realizado a partir das 9h30, na Avenida das Américas, 4200, no campus da Estácio Tom Jobim (Barra da Tijuca – RJ). Não é necessária inscrição prévia para participar presencialmente. Quem desejar acompanhar de forma online, o seminário será transmitido (ao vivo) pelo canal do YouTube da Estácio, instituição de ensino parceira do evento.

“É de suma importância fomentar iniciativas que sejam dedicadas à inclusão da população LGBTQIAP+ e abordem essa temática. Eventos dessa natureza desempenham um papel fundamental na construção de uma sociedade mais igualitária, onde todas as pessoas são valorizadas, independentemente de sua orientação sexual, identidade de gênero ou expressão de gênero. O nosso objetivo é promover um espaço para discutir e celebrar a diversidade, contribuir para a conscientização, a educação e a promoção de direitos e igualdade para a comunidade LGBTQIAP+”, comenta Giowana Cambrone, consultora de diversidade da Yduqs.

Segundo dossiê divulgado pelo Observatório de Mortes e Violências contra LBGTI+ no Brasil, em 2022 foram registradas 273 mortes de forma violenta dessa parcela da população no país, o que corresponde uma pessoa LGBTQIAP+ assassinada a cada 32 horas, ou a uma média de duas mortes a cada três dias.

Desses casos, 228 (83,52%) foram assassinatos, 30 (10,99%) foram suicídios e 15 (5,49%) foram mortes por outras causas. Apesar de o número representar um declínio em relação aos 316 crimes de ódio registrados em 2021, o Brasil continua sendo o país onde mais se matam LGBTs no mundo, alcunha que carrega há 14 anos.

“A realização de ações em prol da desconstrução de preconceitos é fundamental para alcançarmos uma representatividade inclusiva da comunidade LGBTQIAP+ na sociedade. O Lugar de Fala possibilitará debates importantes para que possamos contribuir para a promoção de um ambiente com mais equidade, inclusão e respeito. Sabemos que é um caminho longo, por isso o Instituto YDUQS e a Estácio investem em iniciativas para acelerar esse movimento, para que o preconceito não tenha protagonismo em nossa sociedade”, comenta Cláudia Romano, head de ESG da YDUQS e presidente do Instituto YDUQS.

A realização do Lugar de Fala Mês do Orgulho LGBTQIAP+ está alinhada com o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) número 16 da ONU, que busca promover sociedades pacíficas e inclusivas, garantindo acesso à justiça e construções institucionais responsáveis.

Serviço – Seminário Lugar de Fala | Mês do Orgulho LGBTQIAP+

Quando: 26 de junho (segunda-feira), das 9h30 às 17h

Link para acompanhar online gratuitamente: YouTube

Programação

09h30 – Abertura Geral do Evento com Joice Portella (Gerente ESG) e Renata Vilela Mendonça (Diretora de Gente);
10h – LGBTIfobia: origens e manifestações com Fabio Oliveira (Filósofo, professor da UFF), Giowana Cambrone (Consultora de Diversidade YDUQS) e Jaqueline Gomes de Jesus (Acadêmica, professor do IFRJ);
11h – Empregabilidade e empreendedorismo LGBTQIAP+ com Andreia Brasil (Estilista, empreendedora e idealizadora do projeto Capacitrans), Bárbara Aires (Digital Influencer), Camila Marins (Jornalista, idealizadora da Revista Brejeiras) e Felipe Cabral (Ator, diretor, dramaturgo) 12h – Exibição de um curta – Curta “Simples Assim” de Felipe Cabral;
14h – Direito e violência Contra pessoas LGBTQIAP+ com Bianca Figueira (Militar reformada, advogada, aluna egressa da Estácio), Claudio Nascimento (Filósofo e diretor do Grupo Arco-íris) e Michelle Seixas (Assistente social, ativista e militante);
15h – Políticas Públicas para Pessoas LGBTQIAP+ com Carlos Tufvesson (Estilista e Coordenador de Diversidade Sexual do município do Rio de Janeiro), Ernane Alexandre Pereira (Superintendente de Políticas Públicas do Estado do Rio de Janeiro), Dani Balbi (Acadêmica, professora e 1ª Deputada Estadual trans eleita pelo Rio de Janeiro) e Thainá de Paula (Arquiteta e Secretaria de Turismo do Município do Rio);
16h – Master Class Vitor Martins (Linkedin Top Voices | Especialista em D&I | Líder D&I Swap).

Foto: Christian Gutiérrez Martínez/Pexels

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Casas Bahia abre vagas para PCD no Nordeste São João em Natal: Edição 2024 será mais modesta, diz prefeito Pesquisa Prefeitura de Natal 2024: Carlos Eduardo lidera levantamento do Instituto Seta MPRN recomenda que governo do RN não aumente salários nem faça concursos para evitar colapso fiscal Midway Mall comemora 19 anos com sorteio de três BYD zero quilômetro e desfile de moda Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal