MPF pede cancelamento de concessões da Jovem Pan por violação democrática

MPF pede cancelamento de concessões da Jovem Pan por violação democrática

O órgão também requer uma indenização por danos morais coletivos no valor de R$ 13,4 milhões

O Ministério Público Federal (MPF) entrou com ação civil pública para cancelar as três concessões da Jovem Pan devido à veiculação constante de conteúdos que violam o regime democrático. O MPF alega que tais condutas ferem a Constituição e a legislação que regulamenta o serviço de rádio e televisão.

Além do cancelamento das concessões, o MPF requer uma indenização por danos morais coletivos no valor de R$ 13,4 milhões, correspondente a 10% dos ativos da emissora de acordo com o último balanço.

O órgão também solicita que a Justiça Federal determine que a Jovem Pan veicule, pelo menos 15 vezes por dia, entre 6h e 21h, durante quatro meses, mensagens oficiais sobre a confiabilidade do processo eleitoral. Essas mensagens devem ter duração de dois a três minutos e conter dados fornecidos pela União, que também é ré no processo.

Foto: Reprodução/Jovem Pan

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

MAIS LIDAS DO DIA

Assine nossa Newsletter

Casas Bahia abre vagas para PCD no Nordeste São João em Natal: Edição 2024 será mais modesta, diz prefeito Pesquisa Prefeitura de Natal 2024: Carlos Eduardo lidera levantamento do Instituto Seta MPRN recomenda que governo do RN não aumente salários nem faça concursos para evitar colapso fiscal Midway Mall comemora 19 anos com sorteio de três BYD zero quilômetro e desfile de moda Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal