Estácio recebe roda de conversa sobre mendicância e trabalho infantil

Estácio recebe roda de conversa sobre mendicância e trabalho infantil

Atividade é proibida por lei e passível de multa; ação acontece em parceria com a Secretaria Municipal do Trabalho e Assistência Social nesta segunda-feira (14)

Cenário comum no cotidiano da capital potiguar, é cada vez mais frequente a presença de crianças e adolescentes nos semáforos ou supermercados pedindo dinheiro, alimentos ou doações. Entretanto, conforme explica a assistente social Aline Medeiros, a mendicância infantil é uma atividade proibida por lei, com punição prevista no Código Penal, e não deve ser apoiada pela sociedade civil.

Segundo Aline, que também é coordenadora do curso de Serviço Social na Estácio, a prática caracteriza trabalho infantil e é uma das piores violações de direito das crianças e adolescentes. “Por mais que os pais estejam por perto, e muitas vezes em uma situação de pobreza que os leva a submeter os filhos a essa situação, esta criança ou adolescente está nas ruas, com risco de ser vítima de violência, assédio sexual e até tráfico de pessoas, além de poder estar em contato com o uso de drogas, exposto por longos períodos à radiação solar, chuva e frio e também podendo ser vítima de acidentes de trânsito e atropelamento, além dos traumas psicológicos”, alerta.

Para debater o assunto, a Estácio recebe nesta segunda-feira (14), às 19h, uma roda de conversa em parceria com a Secretaria Municipal do Trabalho e Assistência Social (Semtas) – o “Papo Semtas” – de caráter socioeducativo. O objetivo é informar a comunidade sobre a responsabilidade da sociedade de não cooperar com a prática e sobre como agir ao se deparar com situações desta natureza. A mesa será composta pela coordenadora do curso de Serviço Social e representantes do poder público municipal.

Para Ana Paula Mafra, assistente social da Semtas que também participará do evento, é preciso que a sociedade esteja bem informada para que seja possível, junto a outras ações, erradicar essa forma de exploração.

“Em vez de realizar a doação nas vias públicas, o interessante é destinar para entidades que desenvolvem ações concretas para essas crianças, que deveriam estar estudando ou em atividades indicadas para sua faixa etária”, orienta.

EVENTO – Papo Semtas

Tema: Mendicância e trabalho infantil com a Secretaria Municipal do Trabalho e Assistência Social e o curso de Serviço Social da Estácio
Quando: Segunda-feira (14), às 19h
Onde: Estácio (Av. Alm. Alexandrino de Alencar, 708, Alecrim)
Acesso aberto à comunidade

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês