Aliada de patrões e empregados, tecnologia garante boa saúde na relação trabalhista

Aliada de patrões e empregados, tecnologia garante boa saúde na relação trabalhista

Startup potiguar é responsável pelo desenvolvimento de software, que funciona como gerenciador de ponto eletrônico por meio de leitura facial

De acordo com estudo publicado pela Fundação Getulio Vargas (FGV) em meados de março deste ano, intitulado Tendências do Home Office no Brasil, mesmo com o fim da pandemia da covid-19, essa ainda é uma realidade de muitas empresas. Nesse interim, para que funcionários e patrões não perdessem o controle do cumprimento da carga horária de trabalho, muitas empresas passaram a utilizar a tecnologia como aliada.

Em Natal, a startup Faceponto é uma referência nacional no segmento de controle de jornada de trabalho e seu software de reconhecimento facial é uma solução que, uma vez incorporada ao dia a dia de qualquer empresa, traz segurança jurídica nas relações trabalhistas, além de facilitar o trabalho do setor de Recursos Humanos.

De acordo com o fundador da Faceponto, Cássio Leandro, o sistema oferecido pela sua empresa é um facilitador para qualquer tipo de relação trabalhista. “O colaborador baixa o nosso aplicativo no seu celular, com uma selfie faz reconhecimento facial e ainda utiliza georreferenciamento como confirmação”, explica. O sistema ainda avisa ao detectar fraude ou quando o registro de ponto não está de acordo com o contrato da empresa.

Com o uso dessa tecnologia, o empresário fica resguardado em caso de questões judiciais e o empregado garante que sua jornada de trabalho será cumprida corretamente, tendo os seus direitos preservados. “Ninguém espera que seja necessária a judicialização de uma questão trabalhista, mas a Faceponto é um ferramenta que oferece segurança para ambos os lados”, acrescenta Cássio.

Foto: Yuri Arcurs/People Images

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês