Advogado de Mauro Cid recua em alegações sobre Bolsonaro em caso de desvio de presentes

Advogado de Mauro Cid recua em alegações sobre Bolsonaro em caso de desvio de presentes

Reviravolta nas declarações do advogado Cezar Bitencourt sobre acusações de envolvimento do ex-presidente Jair Bolsonaro em esquema de desvio de presentes milionários

Em uma nova reviravolta, menos de 24 horas após afirmar a diversos veículos de imprensa que o tenente-coronel Mauro Cid estava prestes a acusar o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) de ser o mandante de um esquema de desvio de presentes milionários destinados à Presidência da República, o advogado Cezar Bitencourt voltou atrás, negando ter mencionado transações relacionadas a joias recebidas por delegações estrangeiras pelo ex-presidente.

No início desta sexta-feira (18.ago.2023), Bitencourt enviou uma mensagem ao jornal O Estado de S. Paulo, afirmando: “Não tem nada a ver com joias! Isso foi erro da Veja, não se falou em joias [sic]”. As informações foram publicadas pelo Estadão.

A revista Veja, citada pelo advogado, havia publicado na noite de quinta-feira (17.ago), que Mauro Cid estava disposto a confessar ter vendido joias nos Estados Unidos por ordem de Bolsonaro. A matéria também sugeria que os recursos obtidos teriam sido enviados ao ex-presidente, levantando possíveis acusações de peculato e lavagem de dinheiro.

Além da Veja, Bitencourt reiterou a nova linha de defesa em conversas com outros veículos, enfatizando a possibilidade de caracterização do caso como contrabando e mencionando crimes relacionados ao sistema financeiro. O advogado ainda declarou: “Mas o dinheiro era do Bolsonaro”.

A atuação de Bitencourt como defensor de Cid começou na terça-feira, 15, quando ele indicou que a estratégia legal seria demonstrar que o tenente-coronel estava apenas cumprindo ordens, mesmo que consideradas “ilegais e injustas”, sinalizando uma potencial mudança na dinâmica das acusações.

Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês