Justiça mantém decisão e ordena retorno definitivo de linhas de ônibus em Natal

Justiça mantém decisão e ordena retorno definitivo de linhas de ônibus em Natal

Decisão é pela 11ª vez contra o Seturn e a Prefeitura

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJ-RN) manteve nesta segunda-feira (12.set.2023) a decisão em primeira instância que ordenou o retorno definitivo de linhas de ônibus que foram tiradas de circulação em Natal durante a pandemia de covid-19.

A decisão é pela 11ª vez contra o Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Natal (Seturn) e a Prefeitura de Natal, que recorreram da decisão em primeira instância. A ordem judicial decorre de ação popular impetrada pela deputada federal Natália Bonavides (PT-RN).

“Mais uma vez a justiça solicita que o Seturn coloque nas ruas as linhas de ônibus que foram tiradas de circulação”, afirmou a deputada. “É absurdo que, até hoje, depois de 11 decisões favoráveis a gente veja o sindicato dos empresários dos transportes siga descumprindo e fazendo a população natalense utilizar um serviço de transporte defasado”, disse Bonavides.

Bonavides ainda registrou que as empresas do transporte público de Natal recebem isenções de impostos do Governo Estadual e Municipal. “Mesmo diante de tamanhas isenções fiscais, as empresas ainda descumprem a lei não colocando os ônibus nas ruas e precariza ainda mais o serviço de transporte público”, finalizou.

Foto: Arquivo/POR DENTRO DO RN/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Casas Bahia abre vagas para PCD no Nordeste São João em Natal: Edição 2024 será mais modesta, diz prefeito Pesquisa Prefeitura de Natal 2024: Carlos Eduardo lidera levantamento do Instituto Seta MPRN recomenda que governo do RN não aumente salários nem faça concursos para evitar colapso fiscal Midway Mall comemora 19 anos com sorteio de três BYD zero quilômetro e desfile de moda Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal