SEST SENAT celebra 30 anos de bons serviços prestados ao transporte

SEST SENAT celebra 30 anos de bons serviços prestados ao transporte

Criada em 14 de setembro de 1993, entidade comemora trajetória de realizações em favor dos trabalhadores e do desenvolvimento do setor

Em 14 de setembro de 1993, o Diário Oficial da União trouxe uma ótima notícia para os transportadores: a criação do SEST (Serviço Social do Transporte) e do SENAT (Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte), na forma da lei nº 8.706/1993. A legislação foi fruto de uma longa batalha do setor, que percebia a importância de uma rede de proteção aos trabalhadores mais alinhada às necessidades dos segmentos de cargas e passageiros.

Nos estados da Rio Grande do Norte e Paraíba, a Federação das Empresas de Transporte de Passageiros do Nordeste – FETRONOR, através do Conselho Regional Nordeste II (CRNE II), é a entidade representativa do SEST/SENAT em ambos estados, e está presente através das unidades Natal, Mossoró e João Câmara (RN), e João Pessoa, Campina Grande e Cajazeiras (PB).

“O SEST SENAT desenvolve um trabalho muito importante na capacitação, atenção e cuidado aos profissionais do Setor de Transporte. Ao longo desses 30 anos, inauguramos novas unidades nos dois estados, aumentamos os números de cursos e capacitações realizadas, além de novos serviços que passam a ser oferecidos, atendendo trabalhadores, familiares e a população”, afirma Eudo Laranjeiras, presidente da FETRONOR e do CRNE II.

“Nosso propósito é seguir avançando, com um Setor de Transporte cada vez mais consolidado e profissionais cada vez mais capacitados. Isso é a garantia de que o SEST SENAT vai seguir crescendo”, considera Eudo.

História e atuação

“O trabalho desenvolvido pelo SEST SENAT tem sido decisivo para melhorar a qualidade de vida de milhões de trabalhadores e disponibilizar para o transporte brasileiro mão de obra preparada e especializada. Nossas unidades acolhem, ainda, as famílias dos profissionais, promovendo eventos desportivos e oportunidades de confraternização. São ações que impactam positivamente as comunidades, sobretudo aquelas com pouco acesso a equipamentos públicos”, ressalta Vander Costa, presidente do Sistema Transporte.

À época da tramitação do projeto de lei, proposto pelo deputado federal Denisar Arneiro, a CNT (Confederação Nacional do Transporte) manteve diálogo direto com os empresários e buscou sensibilizar o Congresso, que reconheceu a aptidão do SEST SENAT para se tornar mais um “S” na constelação das instituições do serviço social autônomo – o Sistema S. Nesse momento, foi decisivo o empenho do então presidente da CNT, Clésio Andrade.

“Tenho muito orgulho de ser o fundador do SEST SENAT, um sonho consolidado em três décadas de muito trabalho e muita dedicação. O SEST SENAT é uma grande conquista dos trabalhadores e de todo o setor transportador. É, também, uma inspiração para a sociedade ao demonstrar que a capacitação profissional e a assistência social são suportes para o desenvolvimento do mercado de trabalho e da economia brasileira. Vida longa ao SEST SENAT, patrimônio do setor transportador e de todos os brasileiros!”, comemora Clésio Andrade, que também foi senador da República e vice-governador de Minas Gerais.

Ao longo desses 30 anos, o SEST SENAT alcançou grandes números que refletem uma jornada de desenvolvimento, cuidado e apoio aos profissionais que movem o Brasil. Ao todo, foram mais de 181 milhões de atendimentos de saúde e matrículas em qualificações profissionais. Cada número representa uma vida impactada, um sonho alcançado e uma pessoa fortalecida.

Foto: Augusto Ratis

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês