Especialista explica importância do investimento em métodos de integração para capacitar colaboradores

Especialista explica importância do investimento em métodos de integração para capacitar colaboradores

Empresa potiguar realiza formação com novos funcionários, com o objetivo de facilitar o processo de transição com o novo local de trabalho

Tão importante quanto o processo de recrutamento, seleção e escolha de um novo funcionário para atuar em determinada empresa, a etapa de integração deste novo colaborador também é fundamental. Também conhecida no universo corporativo como onboarding, a integração tem a finalidade de apresentar o novo colaborador aos valores e a cultura da organização. Referência no segmento de terceirização de mão de obra, a empresa potiguar JMT Service tem uma rotina de integração pautada em preparar a equipe para diversos desafios.

De acordo com o Técnico em Segurança do Trabalho da JMT Service, Ricarth Augusto, o objetivo do momento de integração para o funcionário que ingressa na empresa é proporcionar uma transição suave para o novo ambiente de trabalho, garantindo que ele esteja bem informado e preparado para desempenhar suas funções. “Como lidamos com a prestação de serviços de mão de obra em segmentos como saúde, educação e infraestrutura, a integração é fundamental para conhecimento das normas regulamentadoras de segurança no trabalho, combate a incêndios e primeiros socorros”, destaca o técnico.

Na JMT, o momento de integração pode variar em sua especificidade, com base nas funções dos novos funcionários. Geralmente, algumas partes da integração, como a apresentação da empresa e suas políticas, são aplicáveis a todos. No entanto, o treinamento específico para determinadas funções individuais é comum e tende a ser personalizado, levando em consideração o local de atuação e suas necessidades.

A redução do absenteísmo – outro termo comum no mundo corporativo e que significa a falta do funcionário ao trabalho – também é um benefício conquistado pelo investimento em bons momentos de integração. “Esse processo motiva o novo colaborador e mostra como as tarefas cotidianas podem ser mais prazerosas. Como resultado, eles valorizam mais o ambiente de trabalho, os relacionamentos e garantem um melhor desempenho”, aponta Ricarth.

Profissionalismo, qualidade do atendimento, consistência, satisfação do cliente e comunicação efetiva são outros ganhos observados pela JMT após o momento de integração. “Encaramos essa etapa como um importante investimento em mão de obra, já que o indivíduo é o nosso capital mais importante. A sensação de pertencimento que geramos nos momentos de integração nos garante a satisfação ampla de todos os envolvidos no processo: clientes, funcionários e público”, celebra o técnico da JMT.

Um marco importante e recente da empresa, refere-se à realização de integração com 850 funcionários nos meses de agosto e setembro deste ano. O expressivo número é um panorama positivo e que reflete na entrega de pessoas preparadas para atuar no mercado de trabalho.

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

MAIS LIDAS DO DIA

Assine nossa Newsletter

Casas Bahia abre vagas para PCD no Nordeste São João em Natal: Edição 2024 será mais modesta, diz prefeito Pesquisa Prefeitura de Natal 2024: Carlos Eduardo lidera levantamento do Instituto Seta MPRN recomenda que governo do RN não aumente salários nem faça concursos para evitar colapso fiscal Midway Mall comemora 19 anos com sorteio de três BYD zero quilômetro e desfile de moda Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal