Vereador Anderson Lopes acusa Robério Paulino de ameaça de morte na Câmara de Natal

Vereador Anderson Lopes acusa Robério Paulino de ameaça de morte na Câmara de Natal

Parlamentar do PSDB diz que colega do PSOL o ameaçou de atirar

Um grave episódio de violência política marcou a sessão da Câmara Municipal de Natal na tarde desta quarta-feira (18.out.2023). O vereador Anderson Lopes (PSDB) acusou seu colega de Legislatura, o professor Robério Paulino (PSOL), de tê-lo ameaçado de morte.

A confusão começou quando os dois vereadores discutiram sobre um projeto de lei. Em um determinado momento, Robério Paulino teria dito a Anderson Lopes que “se ele o tocasse, ele o reagiria da forma necessária”. Anderson Lopes interpretou a frase como uma ameaça de morte e foi à tribuna para denunciar o caso.

“Eu quero que registre no microfone. Eu fui ameaçado de morte pelo professor agora. Disse que ia atirar em mim”, afirmou Anderson Lopes.

A vereadora Nina Souza (PDT), que presidia a sessão, determinou que o som fosse cortado. Após alguns minutos, os vereadores retomaram a sessão, mas o clima já estava tenso.

Anderson Lopes disse que iria registrar um boletim de ocorrência contra Robério Paulino. Já o vereador do PSOL, ao se pronunciar na tribuna, negou ter ameaçado Anderson Lopes de morte. Ele disse que apenas se defendeu de uma provocação.

“Ele disse que ia me bater. Eu tenho o direito de dizer: se ele me meter a mão, eu vou reagir da forma necessária”, afirmou Robério Paulino.

O caso será investigado pela Polícia Civil.

Vereadores mantêm clima de tensão

Após a briga registrada no plenário da Câmara Municipal de Natal, os vereadores Anderson Lopes e Robério Paulino mantiveram o clima de tensão em seus posicionamentos públicos.

Por meio de nota, Robério Paulino repetiu que foi desrespeitado por Anderson Lopes e que apenas se defendeu de uma provocação. “Ele disse que ia me bater. Eu tenho o direito de dizer: se ele me meter a mão, eu vou reagir da forma necessária”, afirmou.

Já Anderson Lopes, por meio de uma publicação no Instagram, afirmou que já fez a queixa na Polícia Civil e que irá representar contra Robério Paulino no Conselho de Ética da Câmara Municipal.

Nota de Esclarecimento do professor Robério

Eu, o professor Robério Paulino, venho a público, por meio desta nota de esclarecimento, manifestar que não compactuo com qualquer tipo de violência e que fui vítima, durante a sessão da Câmara Municipal, de insultos e deboches por parte do vereador Anderson Lopes, que sentou atrás de mim e me provocou no plenário, durante toda sessão.

Quando pedi, respeitosamente, que ele parasse com as piadas grosseiras e interrupções nas minhas falas, o vereador Anderson disse, para quem quisesse ouvir, que continuaria sim com os deboches e que poderia também resolver de outra forma, o que considerei uma séria ameaça de agressão física.

Em resposta, no clima de extrema tensão, eu disse que reagiria como me garante a Constituição.

Tal esclarecimento se dá em consideração aos fatos ocorridos na sessão da Câmara Municipal de Natal, desta quarta-feira(18), quando estavam sendo votados à toque de caixa, e em um clima muito tenso, mais de uma centena de vetos do prefeito a projetos de vereadores, em um verdadeiro trator sobre aquela casa.

Tive que me posicionar de forma muito forte e assertiva em defesa da democracia. Diante de toda essa pressão, o citado vereador da situação ficou me provocando todo o tempo, o que é uma falta de respeito e decoro parlamentar.

Acabei perdendo a paciência, pelo que me desculpo com toda a população de Natal, por ter caido em uma provocação, mas nunca seria violento com ninguém. No meu histórico de mais de 40 anos de luta em defesa da democracia e da consolidação de direitos, não existe nada que desabone minha postura sempre correta, equilibrada, ética e pacífica.

Meu mandato tem sido, durante todo esse tempo, um instrumento de luta para a população de Natal e assim permanecerá.

Foto: Reprodução

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês