Crise financeira do RN coloca 13º salário e salários públicos em risco

Crise financeira do RN coloca 13º salário e salários públicos em risco

Secretaria da Fazenda afirma que aumento do ICMS é essencial para evitar colapso nas contas públicas

O Governo do Rio Grande do Norte aposta no aumento da alíquota modal do ICMS para 20% para evitar um colapso nas contas públicas. A medida foi aprovada pela Assembleia Legislativa, mas ainda é contestada por representantes do setor produtivo, que alegam que ela pode prejudicar a economia potiguar.

Em entrevista à imprensa nesta terça-feira (7.nov.2023), o secretário da Fazenda, Carlos Eduardo Xavier, rebateu as críticas. Ele afirmou que o aumento do ICMS é necessário para garantir o pagamento dos salários dos servidores públicos, que são a principal fonte de receita do Estado.

“A gente tem consciência de que se não for aprovada (a lei) vai trazer impacto no orçamento e pode trazer colapso nas contas públicas, que vai acabar prejudicando a principal fala aqui do setor produtivo”, disse Xavier.

“Já passamos por isso há pouco anos, com o atraso salarial, e trouxe um dano grande à economia. Eles sabem que o colapso nas contas públicas do Estado traz um impacto muito grande porque nossa economia é muito dependente da folha”, acrescentou.

Além do aumento do ICMS, o Governo do RN também enfrenta dificuldades para pagar o 13º salário dos servidores públicos deste ano. A expectativa é que o anúncio sobre como será realizado o pagamento seja feito no início de dezembro.

Segundo Xavier, o Governo ainda aguarda a chegada de recursos extras, que são relacionados à venda da folha (R$ 100 milhões), compensação das quedas de FPE e também da lei complementar 194, que foi antecipada do ano que vem.

“Estamos trabalhando a finalização desses dados para a governadora anunciar como vai ser feito o pagamento do 13º”, disse o secretário.

Foto: João Gilberto/ALRN/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês