Júri Popular do caso Eliel acontece nesta terça-feira (12) em Natal

Júri Popular do caso Eliel acontece nesta terça-feira (12) em Natal

Acusados pediram mudança de local do júri, alegando influência da mídia local e sociedade mossoroense no caso

O Fórum Miguel Seabra Fagundes será palco, nesta terça-feira (12.dez.2023), do julgamento dos três acusados pela morte do advogado Eliel Ferreira Cavalcante Júnior, ocorrida em 9 de abril do ano passado, em Mossoró, na região Oeste do Rio Grande do Norte.

Ialamy Gonzaga, Francisco de Assis Ferreira da Silva e Josemberg Alexandre da Silva enfrentarão as acusações de homicídio qualificado e tentativa de homicídio qualificado.

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) acatou, em julho deste ano, o pedido da defesa de um dos acusados para a mudança de local do júri popular. A solicitação baseou-se na alegação de que a intensa cobertura midiática local e o envolvimento da sociedade mossoroense poderiam influenciar negativamente no julgamento.

A denúncia apresentada pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) destaca a acusação de homicídio qualificado contra os três réus, relacionando-os diretamente à morte de Eliel Júnior. Além disso, eles também enfrentam a imputação de tentativa de homicídio qualificado no caso de Lucas Emanoel, que estava presente no momento do crime.

Eliel Cavalcante Júnior morreu após ser alvo de pelo menos nove disparos de arma de fogo enquanto conversava com seu namorado, Lucas Emanoel Pereira, na calçada do condomínio em que residiam, no bairro Boa Vista, em Mossoró. A Polícia Civil, durante as investigações, levanta a hipótese de que a vítima e seu companheiro podem ter sido confundidos com supostos ladrões.

Foto: Reprodução

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Midway Mall comemora 19 anos com sorteio de três BYD zero quilômetro e desfile de moda Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar