Pró-reitor da UNI-RN é afastado após suspeita de fraude financeira

Pró-reitor da UNI-RN é afastado após suspeita de fraude financeira

Investigação apura denúncias de que empresa ligada a Márcio Carvalho de Brito não pagava rendimentos prometidos

O professor Márcio Carvalho de Brito, pró-reitor Administrativo do Centro Universitário do Rio Grande do Norte (UNI-RN), foi afastado do cargo após ser acusado de envolvimento em uma fraude financeira. A denúncia foi feita por clientes da empresa Valor Futuro Securitizadora, ligada ao professor.

De acordo com as denúncias, os clientes não recebiam os rendimentos prometidos após investir na empresa. O valor total do prejuízo ainda não foi estimado, mas estima-se que seja superior a R$ 40 milhões.

A UNI-RN informou que afastou o professor para que ele possa se defender das acusações. A instituição também afirmou que não foi prejudicada no caso.

Este é o segundo caso de fraude financeira envolvendo empresários de Natal em menos de um mês. Em novembro, o empresário Mário Borges, conhecido como “Crente Trader”, foi acusado de operar um esquema de pirâmide financeira. Já o médico oftalmologista Diego Sampaio foi processado por supostas irregularidades no gerenciamento de investimentos de várias pessoas.

As investigações sobre os dois casos ainda estão em andamento.

Foto: Reprodução/UNI-RN

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Midway Mall comemora 19 anos com sorteio de três BYD zero quilômetro e desfile de moda Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar