Chuvas atingem 61 cidades do RN no início do ano

Chuvas atingem 61 cidades do RN no início do ano

Porto do Mangue e Macaíba registraram mais de 100mm

O primeiro dia do ano começou com chuvas em várias cidades do Rio Grande do Norte. Segundo a Empresa de Pesquisas Agropecuárias do Rio Grande do Norte (Emparn), pelo menos 61 municípios do estado receberam precipitações pluviométricas entre as 7h do dia 1º e as 7h do dia 2 de janeiro.

A maior chuva foi registrada em Porto do Mangue, na região Oeste, com 130,8mm. Em Macaíba, na Região Metropolitana de Natal, a precipitação foi de 113mm.

A região Oeste foi a mais afetada pelas chuvas do ano novo, com 27 municípios atingidos. Em seguida, vêm a região Central, com 15; a Agreste, com 12; e a Leste, com sete.

Na Grande Natal, depois de Macaíba, a cidade com maior volume de chuva foi São Gonçalo do Amarante, com 80,2mm. A capital potiguar registrou 28mm.

Chuva de verão

De acordo com previsão da Emparn, o Verão, que começou no último dia 22 de dezembro, deve registrar volume de chuvas acima da média no Rio Grande do Norte. A estação segue até o dia 20 de março, e segundo a Empresa a previsão de volume acumulado para janeiro é de 60,4mm, para fevereiro será 92,9mm, e para março será de 159,7mm.

Foto: Arquivo/POR DENTRO DO RN/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês