Forte dos Reis Magos passa a cobrar entrada a partir de 16 de janeiro

Forte dos Reis Magos passa a cobrar entrada a partir de 16 de janeiro

Recursos serão destinados à manutenção e à programação cultural

A partir do dia 16 de janeiro, o Forte dos Reis Magos, em Natal, passará a cobrar ingresso para a visitação. O valor da entrada inteira será de R$ 5,00 e a meia-entrada, de R$ 2,50. Crianças até sete anos de idade e idosos a partir dos 60 anos de idade estarão isentos da cobrança.

As formas de pagamento serão via pix, cartão de débito e em dinheiro. A bilheteria estará localizada na área do estacionamento do Forte.

As escolas públicas da rede estadual e municipal terão gratuidade para as visitas ao equipamento, desde que previamente agendadas junto à Fundação José Augusto. As agências de turismo que realizam passeios para a fortificação deverão adquirir os ingressos previamente na sede da FJA.

A receita do ingresso será destinada para oferecer auto sustentabilidade com aquisição de insumos, manutenção da estrutura e oferta de serviços que inclui a programação de exposições permanentes e itinerantes do Forte dos Reis Magos.

História do Forte

O Forte dos Reis Magos é uma edificação militar histórica, marco inicial de Natal, fundada em 25 de dezembro de 1599. Tombado em 1949, o Forte esteve sob administração da FJA até 2013, quando passou para o IPHAN. Em 2017, o Forte retornou à gestão do Governo com uma cessão inicial de 20 anos.

Em 2018, o Forte foi fechado para obras de restauração, que foram concluídas em 2021. O investimento na edificação histórica somou R$ 4,3 milhões em recursos estaduais.

Foto: Sandro Menezes

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês