Lei proíbe uso de celulares em salas de aula no RN

Lei proíbe uso de celulares em salas de aula no RN

Medida vale para escolas públicas e privadas e entra em vigor nesta quarta

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (ALRN) promulgou nesta quarta-feira (17.jan.2024) uma lei que proíbe o uso de celulares em salas de aula no estado. A medida vale para escolas públicas e privadas, e é válida para os ensinos fundamental e médio.

A lei foi proposta pelo deputado estadual Hermano Morais (PV), que argumentou que o uso excessivo de celulares pode prejudicar o desempenho educacional e a estabilidade emocional de crianças e adolescentes.

O texto da lei define como smartphone qualquer aparelho celular com sistema operacional e aplicativos com funções de telefone, câmera, acesso à internet, relógio, tocador de músicas, vídeos, estações de rádio e quaisquer outros recursos típicos de computadores pessoais.

A lei entra em vigor a partir desta quarta-feira. Os estabelecimentos de ensino deverão adotar medidas para garantir o cumprimento da medida, como a afixação de avisos informativos e a fiscalização dos alunos.

Foto: Marcos Santos/USP Imagens

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

MAIS LIDAS DO DIA

Casas Bahia abre vagas para PCD no Nordeste São João em Natal: Edição 2024 será mais modesta, diz prefeito Pesquisa Prefeitura de Natal 2024: Carlos Eduardo lidera levantamento do Instituto Seta MPRN recomenda que governo do RN não aumente salários nem faça concursos para evitar colapso fiscal Midway Mall comemora 19 anos com sorteio de três BYD zero quilômetro e desfile de moda Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal