Árvore do Amor é vítima de vandalismo

Árvore do Amor é vítima de vandalismo

Raízes centenárias são cortadas e motivação do crime é investigada

A centenária Árvore do Amor, cartão postal de Maxaranguape, no litoral Norte do Rio Grande do Norte, ffoi alvo de um crime ambiental na madrugada de terça-feira (27.fev.2024). Parte das raízes da árvore, da espécie gameleira, foram cortadas, causando danos à sua estrutura.

A ação de depredação foi descoberta pela Prefeitura de Maxaranguape, que classificou o crime como “repentino e brutal”. A suspeita é de que o crime tenha ocorrido durante a madrugada.

O Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte (Idema) foi acionado e enviou uma equipe de fiscalização ao local para apurar o caso e “adotar as medidas administrativas cabíveis”.

Ainda não há informações sobre a motivação do crime. Segundo o secretário de meio ambiente do município, Rafael Bail, os cortes foram “muito grandes” e “chegaram a apartar algumas raízes”. Apesar do dano, ele acredita que a árvore não morrerá.

A Árvore do Amor é formada por duas gameleiras que se uniram ao longo do tempo, criando um arco natural. O local atrai turistas à praia de Barra de Maxaranguape e já foi cenário de diversos casamentos.

Em nota, a Prefeitura de Maxaranguape lamentou o crime e pediu colaboração da população para identificar os responsáveis. “A Árvore do Amor é um local muito importante para nosso turismo e de todo o estado”, declarou a administração municipal.

Investigações em andamento

A Polícia Civil investiga o caso e busca identificar os autores do crime. A população pode colaborar com as investigações fornecendo informações através do Disque Denúncia 181.

Símbolo de união e esperança

A Árvore do Amor é um símbolo importante para Maxaranguape. O crime contra a árvore causou grande comoção na comunidade e mobilizou autoridades e moradores.

Foto: Reprodução/Facebook

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês