Mercado imobiliário cresce no RN

Mercado imobiliário cresce no RN

Aquisição da casa própria é prioridade para 31% da população; compra de imóvel requer planejamento

Comprar o próprio imóvel é um dos principais sonhos do brasileiro. De acordo com a Pesquisa Radar, realizada pela Febraban, a aquisição da casa própria é prioridade para 31% da população. Além disso, 90% dos brasileiros possuem a meta de comprar um imóvel a médio e longo prazo, conforme levantamento realizado pelo Datafolha.

No Rio Grande do Norte, esse interesse do brasileiro se traduz em aquecimento do mercado imobiliário. No estado, o setor tem previsão de R$ 3 bilhões em investimentos até 2026, de acordo com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb).

No Brasil, o financiamento imobiliário é o meio mais utilizado para aquisição de imóveis – mas, apesar das vantagens do financiamento, é necessário muito planejamento, conhecimento e organização financeira para que o sonho da casa própria não acabe se transformando em dor de cabeça.

“Primeiramente, o consumidor precisa ter uma quantia guardada para a entrada do imóvel”, alerta Erli Bandeira, consultor de negócios da Central Sicredi Nordeste. “No Brasil, em média é financiado no máximo 80% do valor do imóvel – portanto, recomendamos uma reserva de ao menos 20% do valor de compra”, diz o especialista.

Compra de imóvel requer organização e planejamento

Segundo Erli Bandeira, é importante alocar a reserva para a entrada em produtos financeiros de baixo risco e boa liquidez, de fácil utilização. “Dessa maneira, os recursos estarão disponíveis prontamente no momento em que você for fechar o negócio”, comenta.

Além disso, comparar taxas de juros e prazos de pagamento para encontrar as melhores condições entre diferentes instituições financeiras é uma boa saída. Por fim, o comprador deve se preparar também para gastos adicionais, como custos de cartório, registro, entre outros.

No Sicredi, instituição financeira cooperativa, o associado conta com acompanhamento especializado, de modo a encontrar negócios proveitosos que se encaixem em sua realidade financeira e atendam às suas expectativas. A instituição oferece opções de financiamento imobiliário em conjunto por até quatro pessoas.

“Como é um tipo de transação financeira que requer um investimento alto, sempre recomendamos ao nosso associado que avalie suas possibilidades e seu momento de vida. Oferecemos uma consultoria especializada para que, em conjunto, possamos tomar a melhor decisão”, explica Erli Bandeira.

Além disso, há a possibilidade de financiamento de até 90% do valor do imóvel residencial, com prazo de até 35 anos e prestações decrescentes conforme o sistema de amortização.

Para quem possui financiamento imobiliário ativo em outra instituição financeira, é possível trazer o financiamento para o Sicredi por meio da Portabilidade de Crédito Imobiliário. Dessa maneira, o associado pode contar com os benefícios ofertados pela cooperativa, como condições especiais de juros e pagamento e a opção de usar o saldo do FGTS para construção ou amortização do imóvel.

Foto: Arquivo/POR DENTRO DO RN/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês