Imprensa americana muda quadro de medalhas

Para não ficar atrás da China, imprensa americana muda critério do quadro de medalhas

A imprensa americana mudou a forma de exibir os países com mais pódios das Olimpíadas de Tóquio: agora a regra é mostrar a classificação pelo total de medalhas, não pelo número de ouros. A mudança ocorre para os Estados Unidos atrás da China no quadro de medalhas na competição.

A mudança está valendo nos principais jornais da imprensa americana, tanto no The New York Times e The Washington Post quanto na rede de televisão Fox News. Todas elas mostram os EUA à frente da China, apesar de os americanos estarem atrás no número de medalhas de ouro. Até a madrugada deste sábado, 7 de agosto de 2021, os chineses lideram o quadro de medalhas com 37 ouros, 27 pratas e 17 bronzes (79 no total), contra 31 ouros, 36 pratas e 31 bronzes dos americanos (98 no total).

Foto: Reprodução/Getty Images

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.