Após derrota em primárias, cinco ministros da Argentina entregam o cargo

Após derrota em primárias, cinco ministros da Argentina entregam o cargo

Cinco ministros do governo da Argentina decidiram entregar seus cargos ao presidente Alberto Fernández. Os responsáveis pelas pastas do Interior, Eduardo “Wado” de Pedro; Ciência e Tecnologia, Roberto Salvarezza; Meio Ambiente, Juan Cabandié; Desenvolvimento Territorial e Habitat, Jorge Ferraresi; e Cultura, Tristan Bauer optaram por deixar seus cargos.

A entrega dos cargos dos ministros da Argentina ocorre após a contundente derrota do partido governista nas primárias do último domingo para as eleições legislativas de novembro, segundo fontes oficiais.

Eduardo “Wado” de Pedro foi o primeiro a anunciar a renúncia, e enviou uma carta a Fernández manifestando as razões de sua decisão. “Ouvindo suas palavras no domingo à noite, quando você declarou a necessidade de interpretar o veredicto dado pelo povo argentino, considerei que a melhor maneira de colaborar com esta tarefa é colocar minha renúncia à sua disposição”, disse o ministro na carta, que foi distribuída à imprensa.

Em seguida ao ministro, novas renúncias começaram a ser anunciadas dentro do gabinete presidencial. Ainda não se sabe se Alberto Fernández aceitará ou não essas renúncias.

Foto: Casa Rosada/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Cidade faz ‘recall’ de vacinação após enfermeira da Cruz Vermelha injetar água e sal na população Mulher dá à luz dentro de elevador de condomínio na Grande Natal Operação Falsos Heróis: Polícia Federal deflagra 2ª fase de operação contra contrabando de cigarros; um policial foi preso e outro afastado Vulcão Cumbre Vieja em La Palma não dá sinais de abrandamento Cocaína no Ceará tem tudo, menos o princípio ativo da droga Após infecção urinária grave, Olavo de Carvalho é internado novamente em hospital que atende pelo SUS em São Paulo Homem morre após ser picado na boca por cascavel em Mossoró