Gol e Avianca assinam acordo e serão controladas pelo Grupo Abra; holding receberá US$350 milhões em ações - Por dentro do RN
Gol e Avianca assinam acordo e serão controladas pelo Grupo Abra; holding receberá US$350 milhões em ações

Gol e Avianca assinam acordo e serão controladas pelo Grupo Abra; holding receberá US$350 milhões em ações

A companhia aérea brasileira Gol e a colombiana Avianca passarão a ser controladas por um mesmo grupo, segundo negócio anunciado nesta quarta-feira (11.mai.2022). O acordo foi assinado entre os principais acionistas da Avianca e o acionista controlador da Gol. A holding se chamará Grupo Abra. Em comunicado, as empresas afirmam que o acordo visa “criar um grupo líder em transporte aéreo na América Latina”.

A Gol e Avianca manterão operações independentes, enquanto “se beneficiam de maior eficiência e investimentos feitos pelo mesmo grupo controlador”, segundo comunicado. A Avianca Group possui uma frota de mais de 110 aeronaves e é a companhia aérea líder na Colômbia, América Central, Equador e opera 130 rotas na América Latina.

A GOL opera uma frota de 142 aeronaves e possui 33,6% de participação no mercado doméstico brasileiro, atrás da Latam (35,1%), segundo os dados da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). “O fechamento da transação é esperado para ocorrer no segundo semestre de 2022, sujeito às condições habituais de fechamento e regulatórias”, destacou o fato relevante divulgado ao mercado.

Termos da transação que cria o Grupo Abra

“O Grupo Abra fornecerá uma plataforma para que as companhias aéreas operacionais reduzam ainda mais os custos, obtenham maiores economias de escala, continuem a operar uma frota de aeronaves de última geração, e expandam suas rotas, serviços, ofertas de produtos e programas de fidelidade”, diz o comunicado.

Constantino de Oliveira Junior, fundador da Gol, será o CEO do novo grupo e Roberto Kriete será o presidente do conselho de administração.

Segundo o anúncio, o Abra Group Limited será uma empresa de capital fechado incorporada no Reino Unido. O grupo controlará a Avianca e a GOL e, como consequência, também deterá participação econômica não controladora nas operações da Viva na Colômbia e no Peru e uma participação minoritária na Sky Airline (Chile).

Ainda segundo o comunicado, “alguns investidores financeiros se comprometeram a investir até US$350 milhões em ações” do Grupo Abra após o fechamento da transação.

Em 2020, a Avianca Brasil teve a falência decretada pela Justiça após acumular uma dívida bilionária. A companhia que deixou de operar no Brasil era a marca comercial da Oceanair, mas não fazia parte do grupo de companhias da Avianca Holdings S.A, com sede na Colômbia.

A Avianca Holdings entrou em recuperação judicial nos EUA em 2020, mas conseguiu evitar um processo de falência ao ter um plano de recuperação aprovado no final de 2021.

Com informações da Reuters
Foto: Vinícius Casagrande

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

É #FAKE que o Midway Mall vai cobrar pelo estacionamento Como consultar valores a receber com o Banco Central Morre Marília Mendonça após acidente aéreo; veja fotos CINCO deputados do RN votam pelo furo do teto de gastos Após rompimento de parceria com o Flow Podcast, hackers invadem iFood, trocam nome de restaurantes e dão apoio a Bolsonaro Azul mira compra da Latam Airlines e visa à criação de gigante sul-americana Homem se dá mal após tentar jogar drogas pela janela em Mossoró Adolescente de 16 anos é suspeito de matar os próprios irmãos, de 2 e 4 anos, no Rio de Janeiro Preço da gasolina sobe 47% em 2021 e já custa R$ 7,29 em Natal após novo reajuste Cidade faz ‘recall’ de vacinação após enfermeira da Cruz Vermelha injetar água e sal na população Mulher dá à luz dentro de elevador de condomínio na Grande Natal Operação Falsos Heróis: Polícia Federal deflagra 2ª fase de operação contra contrabando de cigarros; um policial foi preso e outro afastado