Natal Shopping fortalece compromisso com ações de impacto social e sustentabilidade

Natal Shopping fortalece compromisso com ações de impacto social e sustentabilidade

Empreendimento já conta com projetos de gestão de resíduos sólidos e orgânicos para diminuir impacto no meio ambiente; mascote protagoniza e incentiva adesão às ações sociais

Junto à agenda Horizonte ESG Ancar 2030, estabelecida pela Ancar Ivanhoe, grupo administrador do empreendimento, o Natal Shopping consolida seu compromisso com ações de governança social e sustentabilidade. Com este documento, o NAT reforça e amplia práticas de respeito ao meio ambiente e uso de recursos naturais, de transformação social das comunidades nas quais está inserida e de ética nos negócios e valorização da força de trabalho.

Entre outros compromissos, estão medir e reduzir o impacto das emissões de gases do efeito estufa até 2030, assim como realizar treinamento e sensibilização de 100% da força de trabalho no tema mudanças climáticas, bem como impactar 100% dos lojistas nas boas práticas de gestão de resíduos. Buscar o máximo de utilização de energia renovável para suas operações, implementar reuso de água em todos os shoppings da rede e realizar diligência prévia ESG em 100% dos fornecedores críticos também faz parte do projeto para os próximos seis anos.

As diretrizes foram estabelecidas com base nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, conectando os shoppings da rede Ancar Ivanhoe aos compromissos mundiais de desenvolvimento, com metas a serem atingidas até 2030 por meio de quatro grandes pilares: Conservação do planeta, Transformação Social, Gente que Gosta de Gente, e Governança e Integridade.

“Hoje, o cenário empresarial está intrinsecamente ligado aos princípios ESG”, afirma o copresidente do grupo, Marcelo Carvalho. “A Ancar já possui uma ampla história de envolvimento com o social, ambiental e uma longa trajetória na gestão de pessoas. Estamos há mais de 16 anos na lista das Melhores Empresas para Trabalhar, segundo o Great Place to Work, somos um dos maiores parceiros da campanha Natal Sem Fome, investimos mais de R$5 milhões em projetos sociais e desenvolvemos diversas iniciativas que reduzem os impactos ambientais dos nossos shoppings. Todas essas iniciativas ganham ainda mais força quando assumimos compromissos mais ambiciosos que buscam apoiar toda a cadeia do nosso negócio”, acrescenta ele.

Além disso, a agenda Horizonte ESG Ancar 2030 tem como meta transformar a realidade de 10 mil jovens por meio de iniciativas de inclusão social, capacitação profissional e acesso à empregabilidade e potencializar as práticas de diversidade e inclusão como estratégia central da companhia.

“Sabemos que o Natal Shopping é parte integrante da vida de muitas pessoas, então é impossível pensar nossas decisões e estratégias sem levar em consideração a comunidade em que estamos inseridos e as gerações futuras, por isso nosso compromisso com a sustentabilidade é uma responsabilidade que levamos a sério. Ao abraçar as pautas ESG, estamos construindo uma instituição que será relevante e resiliente no longo prazo. Isso nos coloca em uma posição sólida para enfrentar o que o futuro pode trazer”, afirma Felipe Furtado, superintendente do Natal Shopping.

Gestão de água e de resíduos sólidos

No mais tradicional shopping da capital potiguar, até 60% do volume de água utilizado nas torneiras consegue ser economizado graças às estratégias tecnológicas adotadas, como um software de automação responsável por monitorar o consumo de água em toda a estrutura.

Outra medida é o sistema de Osmose Reversa que, ao tratar a água do poço que abastece o shopping, reaproveita um volume que seria descartado destinando essa água para os mictórios dos banheiros masculinos, sanitários e irrigação de jardins.

Compromissado com a bandeira da reciclagem, o empreendimento também destina o material descartado por lojistas e clientes para cooperativas de reciclagem e, apenas em 2022, 89 toneladas de resíduos tiveram o destino correto.

Os clientes também podem trazer de casa os resíduos de plástico, papel, vidro, metal, eletrônicos, e até cápsulas de café e óleo de cozinha, para depositar no Hub de Reciclagem que fica na praça de alimentação.

Além disso, os restos de comida deixados pelos clientes na praça também são reciclados, em uma parceria com a Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ/UFRN), e viram adubo orgânico que é comercializado no espaço Sustentabilidade Transforma, ao lado da C&A. O valor arrecadado é usado para ações socioeducativas.

Educação ambiental e ações sociais

O shopping também conta com uma mascote, a elefanta Naty, para levar atividades de educação ambiental e conscientização para crianças no ensino infantil. Com o projeto Naty nas Escolas, a personagem faz apresentação de peça de teatro musical e distribui exemplares do livro “Naty e a Natureza”, onde os pequenos acompanham uma jornada de conscientização sobre cuidados com o meio ambiente.

O material também foi lançado em braille e, em junho deste ano, foi premiado com troféu de ouro pela Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce) na categoria de Eventos e Promoções pela atuação de impacto em suas atividades para o público infantil.

Para receber a programação do Naty nas Escolas, os gestores escolares devem entrar em contato com a equipe de marketing do Natal Shopping através do email [email protected].

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês