LOA 2024 do RN prevê receita de R$ 20 bilhões e relator da oposição

LOA 2024 do RN prevê receita de R$ 20 bilhões e relator da oposição

Projeto será analisado pela ALRN e precisa ser aprovado até o fim do ano

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (ALRN) começou a tramitar nesta quarta-feira (18.out.2023) o projeto da Lei Orçamentária Anual (LOA) para o exercício de 2024. O governo do Estado prevê uma receita de R$ 20 bilhões, cerca de 2 bilhões a mais que a LOA deste ano.

O projeto foi enviado à ALRN e definido pela Comissão de Finanças e Fiscalização que o deputado Tomba Farias (PSDB), da oposição, será o relator.

O parlamentar vai analisar o projeto e possíveis emendas apresentadas pelo próprio governo ou por deputados da Casa Legislativa.

O prazo para votar o projeto de lei é de 45 dias e o projeto precisa ser aprovado ainda em 2023, antes do recesso do fim do ano.

No projeto apresentado, o governo do RN prevê a destinação de R$ 13,78 bilhões, cerca de 68,9% do total dos recursos arrecadados, para as despesas de pessoal e encargos sociais de todos os Poderes. Os outros R$ 1,4 bilhão serão destinados para investimentos.

O deputado Tomba Farias comemorou o fato do projeto estar “empatado” entre entrada de receitas e as despesas, mas disse que é necessário aguardar as mudanças que ainda serão propostas na Casa e pelo próprio Poder Executivo durante o trâmite.

Foto: Arquivo/POR DENTRO DO RN/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês