Trabalhadores da limpeza da UFRN ocupam reitoria por atraso salarial

Trabalhadores da limpeza da UFRN ocupam reitoria por atraso salarial

Funcionários terceirizados denunciam terceiro mês consecutivo de atrasos e buscam respostas

Trabalhadores do setor de limpeza da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) iniciaram nesta segunda-feira (15.jan.2024), uma ocupação pacífica na reitoria da instituição em resposta ao contínuo atraso no pagamento de salários pela empresa contratada, a Criarte.

Cerca de 170 funcionários terceirizados ainda aguardam o pagamento referente à folha de dezembro, enquanto a paralisação, que começou na última quinta-feira (11.jan), persiste.

Até o momento, a Criarte ainda não se pronunciou sobre o caso. Os líderes do protesto afirmam que a mobilização continuará até que os salários sejam efetivamente depositados nas contas dos trabalhadores.

A UFRN afirmou que o atraso já perdura sete dias e espera que a empresa responsável, a Criarte, efetue o pagamento até esta terça-feira (16.jan). A universidade destaca estar em contato com a empresa, respeitando os direitos dos trabalhadores e as normas legais, e afirma que está tomando medidas para apurar os possíveis descumprimentos contratuais.

Estudantes da UFRN uniram-se aos trabalhadores terceirizados no protesto, confeccionando faixas de cobrança pelos salários atrasados. O presidente do Sindlimp, Fernando Lucena, ressalta que essa é a terceira vez consecutiva que atrasos ocorrem, apontando que a UFRN tem contrato com duas empresas para os serviços de limpeza, e enquanto uma efetuou os pagamentos, a outra não.

O Sindlimp busca esclarecimentos, e a ocupação da reitoria é vista como uma tentativa de obter respostas por parte da universidade.

Foto: Sindlimp Natal/Reprodução/Facebook

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês