Ciro Gomes

Ciro Gomes chama Cuba de ‘ditadura’ e critica bloqueio dos EUA

O pré-candidato a presidente para as eleições do próximo ano, Ciro Gomes (PDT), publicou um vídeo ontem (16) em suas redes sociais afirmando que “é preciso coragem, equilíbrio e isenção” para Cuba lidar com “duas bombas relógio”: o bloqueio econômico e a ditadura política”. Anteriormente, o opositor, Lula já havia se posicionado sobre Cuba.

Na avaliação de Ciro Gomes, “nosso querido povo cubano está sofrendo”, disse ele no vídeo. Para o presidenciável, além de uma “autodeterminação” da população local, o conflito merece “atenção e solidariedade internacionais”. Ele criticou o governo Bolsonaro, afirmando que a política externa brasileira não pode ser “condescendente” com desrespeito à soberania de Cuba e ao direito internacional promovido pelos Estados Unidos.

Em seguida, Ciro também criticou Lula, afirmando que a política nacional também não deve seguir a atuação dos ex-governos petistas, com uma política externa marcada por “velhos hábitos latino-americanos”.

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.