Coopmed anuncia suspensão de atendimentos médicos em Natal por atraso de pagamento da prefeitura

Coopmed anuncia suspensão de atendimentos médicos em Natal por atraso de pagamento da prefeitura

Médicos que atuam em Natal através a Cooperativa Médica do Rio Grande do Norte (Coopmed) suspenderam os atendimentos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em diversos hospitais de Natal. A paralisação ocorre devido a atrasos nos pagamentos por parte da prefeitura da capital. Com a suspensão dos serviços, os procedimentos de alta e média complexidade – incluindo as cirurgias eletivas – estão suspensos desde o último dia 5 de maio.

A Coopmed informou, através de comunicado destinado aos médicos de alta e média complexidade, que “não recebeu nenhum repasse referente ao SUS que encontra-se em atraso” e que, “sendo assim, manteremos a paralisação até que tenhamos alguma sinalização do pagamento”.

Segundo a cooperativa, a dívida com 200 médicos é referente a três meses de atraso e chegaria a R$ 3,5 milhões. A prefeitura de Natal mantém convênio com hospitais da Liga Contra o Câncer, Rio Grande, Memorial, Paulo Gurgel, Hospital do Coração e Varela Santiago.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS Natal) não se pronunciou sobre a situação.

Foto: Elpídio Júnior/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.