Águas para Educar: projeto que construiu cisternas em 15 escolas rurais está beneficiando 4 mil estudantes da rede pública

Águas para Educar: projeto que construiu cisternas em 15 escolas rurais está beneficiando 4 mil estudantes da rede pública

Instituições de ensino de Pernambuco, Rio Grande do Norte e Paraíba foram envolvidas na iniciativa

Com intuito de fortalecer os esforços de combate à insegurança hídrica, durante o ano de 2022, 15 escolas dos estados de Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte receberam obras de construção de cisternas viabilizadas por um trabalho em conjunto feito pela Cáritas Brasileira Nordeste 2, a Coca-Cola Brasil, a Solar Coca-Cola e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Um ano depois, o projeto batizado de ‘Águas para Educar’ continua beneficiando diretamente mais de 4.000 estudantes, e cerca de 300 pessoas que compõem a comunidade escolar, como professores e funcionários das instituições.

A iniciativa que tem auxiliado no enfrentamento ao problema da insegurança hídrica implementou tecnologias sociais de acesso à água às dinâmicas da comunidade escolar e entorno, gerando processos educativos e permitindo, assim, o abastecimento de água e alimentação de qualidade, reforçando bons hábitos alimentares.

De acordo com levantamento feito pelo Plano Nacional de Segurança Hídrica (PNSH), lançado em 2019, até 2035, cerca de 74 milhões de brasileiros estarão sob algum grau de dificuldade em garantir água de qualidade para subsistência. A escassez do recurso é especialmente sentida no Nordeste com maior intensidade, mas os reflexos dessa adversidade têm se expandido rapidamente para outras regiões.

Comunicar os benefícios e impactos positivos do Águas para Educar nestes três estados, num dia tão simbólico, quando o dia 22 de março, onde é comemorado mundialmente o Dia da Água, nos enche de alegria e esperança. Essa iniciativa busca principalmente viabilizar água em quantidade e qualidade suficiente para atender às necessidades do ambiente educacional e das comunidades circunvizinhas. A instalação das cisternas também visa o fortalecimento das práticas de uma educação contextualizada para a convivência com o Semiárido”, afirma Arthur Ferraz, Gerente de Relações Externas da Solar Coca-Cola, segunda maior fabricante do Sistema Coca-Cola do País.

Com o ‘Águas para Educar’, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Paraíba receberam a implantação de cisternas de placas com capacidade de 52 mil litros para captação de água das chuvas; assim como implantação de sistemas de reuso das águas cinzas, bioágua, que possibilitou a reutilização das águas descartadas nas pias para irrigação de pomares e hortas. O projeto também contemplou momentos formativos com capacitações virtuais, abordando temas como recursos hídricos, cuidados com a cisterna, reuso da água e manejo das hortas e pomares escolares.

Sobre a Solar Coca-Cola

Entre os 15 maiores fabricantes do mundo e a segunda maior fabricante do Sistema Coca-Cola no país, a Solar Coca-Cola conta atualmente com 13 fábricas e atua em uma área que representa cerca de 70% do território brasileiro, operando na totalidade das regiões Norte, Nordeste, Estado do Mato Grosso e parte de Goiás e Tocantins. Destaque no cenário nacional como uma das maiores empresas de bens de consumo do país, a companhia conta com mais de 15 mil colaboradores(as) e é responsável pela produção e distribuição de mais de 350 produtos do portfólio da Coca-Cola e de parceiros para cerca de 400 mil pontos de venda. Com faturamento anual de cerca de R$ 9,6 bilhões, a companhia alcança 25 milhões de lares em todo país.

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

MAIS LIDAS DO DIA

Assine nossa Newsletter

Casas Bahia abre vagas para PCD no Nordeste São João em Natal: Edição 2024 será mais modesta, diz prefeito Pesquisa Prefeitura de Natal 2024: Carlos Eduardo lidera levantamento do Instituto Seta MPRN recomenda que governo do RN não aumente salários nem faça concursos para evitar colapso fiscal Midway Mall comemora 19 anos com sorteio de três BYD zero quilômetro e desfile de moda Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal