Dia da Água: Natal Shopping economiza até 60% do volume usado no empreendimento

Dia da Água: Natal Shopping economiza até 60% do volume usado no empreendimento

Tecnologia auxilia no monitoramento para evitar possíveis vazamentos e desperdícios; sistema de purificação faz uso inteligente de volume que seria descartado

Segundo dados da Agência Nacional de Águas e Saneamento (ANA), o uso de água no Brasil deverá aumentar em 24% até 2030, superando a marca de 2,5 milhões de litros por segundo. Entretanto, um fator preocupante levantado pelo Instituto Trata Brasil é que, atualmente, o país desperdiça 40% de toda água potável captada.

No Dia Mundial da Água, celebrado nesta quarta-feira (22.mar.2023), a sociedade é convidada a refletir sobre o consumo consciente. Desde o uso doméstico ao industrial, toda atitude conta na preservação dos recursos hídricos disponíveis. No Natal Shopping, até 60% do volume utilizado nas torneiras consegue ser economizado graças às estratégias tecnológicas adotadas, como um software de automação responsável por monitorar o consumo de água em toda a estrutura.

Essa tecnologia nos tem possibilitado um acompanhamento de perto para evitar possíveis desperdícios, porque podemos identificar vazamentos ou uso incomum de água em qualquer parte do prédio e garantir uma resolução rápida”, conta o superintendente do Natal Shopping, Felipe Furtado.

Outra estratégia é o sistema de Osmose Reversa que, ao tratar a água do poço que abastece o shopping, reaproveita um volume que seria descartado destinando essa água para os mictórios dos banheiros masculinos, sanitários e irrigação de jardins. As torneiras do empreendimento também têm instalado um equipamento chamado de “arejador”: a peça redistribui o fluxo de saída d’água reduzindo sua vazão, o que diminui o fluxo, mas mantém a sensação de volume na lavagem das mãos.

Reciclagem e sustentabilidade

Promover a reciclagem também é uma forma de contribuir com o consumo consciente dos recursos hídricos, uma vez que a água é utilizada em todos os processos de produção do plástico, metal, vidro e outros materiais de maneira direta ou indireta.

Compromissado com essa bandeira, o Natal Shopping destina o material descartado por lojistas e clientes para cooperativas de reciclagem e, apenas em 2022, 89 toneladas de resíduos tiveram o destino correto.

Os clientes também podem trazer de casa os resíduos de plástico, papel, vidro, metal, eletrônicos, e até cápsulas de café e óleo de cozinha, para depositar no Hub de Reciclagem que fica na praça de alimentação. Além disso, os restos de comida deixados pelos clientes na praça também são reciclados, em uma parceria com a Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ/UFRN), e viram adubo orgânico que é comercializado no espaço Sustentabilidade Transforma, ao lado da C&A. O valor arrecadado é usado para ações socioeducativas.

Tentamos sempre pensar em soluções sustentáveis para o nosso shopping e para a nossa comunidade, porque sabemos que quando cada um faz a sua parte, o resultado no final vai ser enorme para toda a comunidade e, claro, para o meio ambiente”, destaca Felipe.

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

MAIS LIDAS DO DIA

Casas Bahia abre vagas para PCD no Nordeste São João em Natal: Edição 2024 será mais modesta, diz prefeito Pesquisa Prefeitura de Natal 2024: Carlos Eduardo lidera levantamento do Instituto Seta MPRN recomenda que governo do RN não aumente salários nem faça concursos para evitar colapso fiscal Midway Mall comemora 19 anos com sorteio de três BYD zero quilômetro e desfile de moda Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal