VÍDEO Sargento da PM catarinense faz ataques racistas conta mulher e filho 'Macaca do c...'

VÍDEO: Sargento da PM catarinense faz ataques racistas contra mulher e filho: ‘Macaca do c…’

A Polícia Civil abriu nesta sexta-feira (17) um inquérito para investigar um sargento da reserva da Polícia Militar de Santa Catarina que aparece em um vídeo xingando uma mulher e o filho dela por serem negros. O homem também admite ser racista e ameaça bater na mulher que está filmando.

Ele será investigado por racismo, informou o delegado responsável pelo caso, Éder Matte. O policial militar da reserva se chama Hélio Martins, de 57 anos, e mora em São Ludgero, no Sul catarinense. A Polícia Militar disse em nota que “repudia toda e qualquer tipo de violência contra a mulher ou vulnerável, bem como qualquer tipo de racismo” e que o caso identificado será encaminhado à Corregedoria-Geral.

A corporação informou que o homem é um sargento da PM de Santa Catarina que está na reserva desde 9 de março de 2016. No vídeo, o homem aparece discutindo com uma mulher que está filmando. Ele diz “teu filho é um maldito de um negro desgraçado, que é pirracento”. A mulher pergunta “por que você tem tanto ódio de gente morena?”. Ele responde “Porque eu tenho ódio, porque eu sou racista, porque eu não suporto negro! Eu tenho amigo negro, mas é amigo decente, não essa negrada do c… que é marrenta que nem tu”.

Em seguida, a mulher diz “Você não bata em mim”. Ele, então, tira o chinelo do pé, segura o calçado na mão, aproximando-se dela, e diz “Quer ver? Fala de novo! Fala de novo, sua macaca do c…!”. Depois, afasta-se, joga o chinelo no chão e diz “demônio, desgraçada”.

Com informações do G1

Foto: Reprodução/Twitter

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.