Reino Unido confirma primeira morte em decorrência da variante Ômicron

Reino Unido confirma primeira morte em decorrência da variante Ômicron

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, disse nesta segunda-feira (13.dez.2021) que ao menos um paciente morreu no país depois de contrair a variante Ômicron do coronavírus. “Infelizmente, foi confirmado agora que ao menos um paciente morreu com a variante Ômicron”, informou Johnson.

“Então, acho que a ideia de que esta é, de alguma maneira, uma versão mais branda do vírus é algo que precisamos deixar de lado e, simplesmente, reconhecer o ritmo intenso com que ela se dissemina entre a população”, complementou o primeiro-ministro.

Ele também impôs restrições mais duras desde que os primeiros casos da variante Ômicron foram detectados no país em 27 de novembro. No domingo (12.dez.2021), Johnson pediu às pessoas que recebam vacinas de reforço. Segundo ele, a medida é para evitar que o sistema de saúde fique sobrecarregado.

De acordo com o secretário britânico da Saúde, Sajid Javid, a Ômicron está se disseminando em um “ritmo fenomenal”. Atualmente, a cepa já representa cerca de 40% das infecções em Londres.

Foto: Reprodução/NIAID

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.