WTF - Por dentro do RN

WTF

Após aumento repentino de vendas, loja nos EUA só vende Ivermectina para quem comprovar que tem cavalo

Após aumento repentino de vendas, loja nos EUA só vende Ivermectina para quem comprovar que tem cavalo

Pode parecer piada, mas uma loja em Las Vegas só vende Ivermectina para quem levar uma foto de seu cavalo. O fato aconteceu após o proprietário identificar um aumento significativo na demanda pelo medicamento nos últimos meses, passando a crer que os indivíduos não estão usando-o por suas propriedades de vermifugação nos bichos de grande porte.

A certeza veio quando um cliente informou que estava ingerindo a substância, mesmo sabendo dos efeitos colaterais que poderiam se manifestar. “Eu pedi que um senhor entrasse, ele era mais velho e me disse que sua esposa queria que fizesse o uso de Ivermectina. Eu imediatamente disse que não era seguro levar pra casa”, revelou o gerente Shelly Smith, ao Local 12. Foi então que teve a ideia de vender apenas para quem comprovar que tem um cavalo.

Obviamente, a decisão vai de acordo com a Food and Drug Administration, onde afirma que ‘se você não é cavalo, não tome remédio para cavalo’. Shelly colocou uma placa dentro do estabelecimento, deixando sua política em evidência. ‘A Ivermectina só será vendida para proprietários de cavalos. VOCÊ DEVE MOSTRAR UMA FOTO COM SEU CAVALO, ao lado, está um sinal de alerta indicando que ingerir drogas para animais pode levar os humanos à morte.

Todavia, essa não é a única loja de animais que registrou um aumento pela procura de Ivermectina. A Modern Pet Foods, no noroeste do Texas, informou que as vendas do medicamento giravam em torno de 10 pacotes por mês, contudo, subitamente este número saltou para uma média de 50 a 100 deles.

A Food and Drug Administraton permanece com sua mensagem sobre o uso do componente “Por um lado, as drogas animais possuem altas doses concentradas, pois o foco são bichos grandes, como cavalos e vacas. Eles podem pesar muito mais do que nós – uma tonelada aproximadamente”, escreveu o FDA em seu site. “Essas doses são altamente tóxicas em humanos”.

O remédio atua como um vermífugo poderoso em animais de até seis mil quilos, ou seis toneladas, também receitado para casos particulares, como éguas gestantes e potros de todas as idades. Ou seja, não se deve comprar o medicamento em lojas voltadas à veterinária, se for para uso pessoal.

A notícia rapidamente viralizou pelas redes e os internautas aproveitaram o momento para fazer piada. As pessoas só devem tomar Ivermectina (não para a Covid-19) quando prescrita por um profissional da saúde, pois é importante para o tratamento de algumas doenças, como escabiose; e devem comprar os fármacos com a dosagem correta para seres humanos.

Com informações do Só Científica

Foto: Ilustração/Getty Images

Siga Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Cocaine in Ceara Brazil so adulterated

Coke Zero? Drug dealers in Ceará, Brazil, sell cocaine so adulterated that not even the experts find the drug’s active ingredient in the tests

According to the reports of the Forensic Expertise of the State of Ceará (Pefoce), Brazil, the cocaine sold in the state is so adulterated that the test results often fail to recognize the drug’s active ingredient. Also according to Pefoce, the toxicological tests carried out, in the first place for raw drugs, in the Forensic Expertise laboratories take place in several stages.

If it is not possible to detect the presence of the active ingredient, in the colorimetric test or in the thin layer chromatography test, due to adulterating mixtures, this same sample goes through the gas chromatography procedure. The examination is more detailed and confirmatory, as the equipment is high-tech and is able to separate and identify the substances contained in forensic samples, including adulterants.

Coke Zero? Drug dealers in Ceará, Brazil, sell cocaine so adulterated that not even the experts find the drug's active ingredient in the tests

Per month, the laboratory’s forensic toxicology department produces an average of 1,500 raw drug reports and 500 biological samples. In these analyses, experts find the adulteration of these narcotics. Despite the emergence of synthetic drugs, the largest number of reports made are still on marijuana and cocaine.

Through these analyses, the expertise finds in the cocaine that arrives in Ceará the sodium bicarbonate, lidocaine, caffeine, starch, acetaminophen and even lactose. In the case of caffeine, for example, dealers try to simulate the effect caused by the drug.

Coke Zero? Drug dealers in Ceará, Brazil, sell cocaine so adulterated that not even the experts find the drug's active ingredient in the tests

The adulteration of substances is carried out in clandestine laboratories, which introduce substances without testing, the effect of this practice, which is carried out without any basis in scientific studies, is a mixture that can cause death, according to experts. The added substances adulterate the drug in such a way that there are tests that not even the cocaine substance is found.

Photo: Reproduction/Pefoce

Por Dentro do RN

É #FAKE que o Midway Mall vai cobrar pelo estacionamento Como consultar valores a receber com o Banco Central Morre Marília Mendonça após acidente aéreo; veja fotos CINCO deputados do RN votam pelo furo do teto de gastos Após rompimento de parceria com o Flow Podcast, hackers invadem iFood, trocam nome de restaurantes e dão apoio a Bolsonaro Azul mira compra da Latam Airlines e visa à criação de gigante sul-americana Homem se dá mal após tentar jogar drogas pela janela em Mossoró Adolescente de 16 anos é suspeito de matar os próprios irmãos, de 2 e 4 anos, no Rio de Janeiro Preço da gasolina sobe 47% em 2021 e já custa R$ 7,29 em Natal após novo reajuste Cidade faz ‘recall’ de vacinação após enfermeira da Cruz Vermelha injetar água e sal na população Mulher dá à luz dentro de elevador de condomínio na Grande Natal Operação Falsos Heróis: Polícia Federal deflagra 2ª fase de operação contra contrabando de cigarros; um policial foi preso e outro afastado