Tag maconha - Por dentro do RN

maconha

PRF persegue veículo e apreende 245 kg de maconha avaliada em R$ 700 mil em São José de Mipibu

PRF persegue veículo e apreende 245 kg de maconha avaliada em R$ 700 mil em São José de Mipibu

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 245 quilos de maconha na manhã de ontem (17.fev.2022). A apreensão aconteceu no Km 133 da BR-101, em São José de Mipibu, na Região Metropolitana de Natal. Apesar de a captura ter sido feita na Grande Natal, a PRF já estava em perseguição ao veículo desde o município de Mamanguape, na Paraíba. O condutor do carro, um homem de 26 anos, foi preso.

Segundo a PRF, a apreensão foi feita após o motorista capotar o veículo em uma estrada de canavial. “O condutor que já tinha tentado evadir-se por estradas carroçáveis em meio ao canavial, buscou acessar novamente a rodovia e capotou o veículo”, esclareceu o órgão. No interior do carro, os policiais rodoviários federais encontraram 322 tabletes de maconha prensada, totalizando os 245 kg da droga. Na delegacia, o homem contou que pegou a droga em Recife, capital de Pernambuco, e que receberia R$ 2 mil pela entrega em Natal.

De acordo com a PRF, a carga é avaliada em R$ 700 mil. A ocorrência foi encaminhada para a delegacia de Polícia Civil de São José de Mipibu. Nessa quarta-feira (16), o órgão já havia apreendido uma carga de cerca de 10 kg de pasta base de cocaína. A apreensão também aconteceu em São José de Mipibu. A droga estava com um casal, que foi preso.

Foto: Reprodução/PRF

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Operação Comandos - Denarc Mossoró cumpre mandados e prende 9 suspeitos; policiais também apreenderam arma e 6kg de maconha

Operação Comandos: Denarc Mossoró cumpre mandados e prende 9 suspeitos; policiais também apreenderam arma e 6kg de maconha

Policiais civis da Delegacia Especializada em Narcóticos de Mossoró (Denarc/Mossoró), com apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF), deflagraram, na última quarta-feira (20.out.2021), a Operação Comandos, com o objetivo de cumprir 44 mandados de prisão e busca e apreensão, na cidade de Mossoró.  

Durante as diligências da Operação Comandos, foram detidos nove suspeitos, em decorrência de mandados de prisão preventiva: Vinicios Eduardo Pereira Marinho, Maycon Lemarck Fernandes Freire, Lawsson Johnathas de Paiva França, René Duarte Silva, Fabrício Renan Lopes de Souza, Anderson Lucas dos Santos Medeiros, e mais três suspeitos que já se encontravam no sistema penitenciário. 

Na ação, foram apreendidos: diversos aparelhos celulares, uma arma de fogo calibre 32 municiada e seis quilos de maconha. A operação foi desencadeada após investigações sobre uma organização criminosa atuante em Mossoró. Os suspeitos foram conduzidos à delegacia e encaminhados ao sistema prisional, onde permanecerão à disposição da Justiça. A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181.

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Câncer de pulmão de idosa do Reino Unido reduz 76% após tratamento com óleo de canabidiol, derivado da maconha

Câncer de pulmão de idosa do Reino Unido reduz 76% após tratamento com óleo de canabidiol, derivado da maconha

Uma idosa de 80 anos do Reino Unido, diagnosticada com câncer, viu um tumor no pulmão direito reduzir em 76% em menos de três anos ao fazer um tratamento alternativo com óleo de canabidiol (CBD), substância extraída da Cannabis sativa, a maconha. O caso foi documentado em um artigo publicado na plataforma BMJ Case Reports.

A paciente foi tratada no Mid and South Essex NHS Foundation Trust e fumava cerca de um maço de cigarros por semana. Ela descobriu o câncer em junho de 2018, depois de passar meses tossindo. A idosa evitou os tratamentos convencionais – com cirurgia, quimioterapia e radioterapia – por ter medo dos efeitos colaterais e, por decisão própria, passou a tomar 0,5 ml do óleo de canabidiol de duas a três vezes por dia.

Além do óleo, ela seguiu tomando medicamentos para doença pulmonar obstrutiva crônica leve (DPOC), osteoartrite e hipertensão. Imagens de exames (em destaque) mostram que o tamanho do tumor diminuiu de 41 mm, em junho de 2018, para 10mm, em março de 2021. Ou seja, uma redução de cerca de 76%.

Causa e efeito

Os médicos que trataram a paciente afirmaram não estar claro que o óleo foi o responsável pela melhora do quadro e que não existem evidências robustas de que produtos feitos à base de maconha podem alterar a progressão de um tumor. No entanto, eles sugerem que novas pesquisas sejam feitas para esclarecer se produtos derivados da planta podem contribuir para o tratamento de câncer.

Com informações do Portal Metrópoles

Foto: Mid and South Essex NHS Foundation Trust/Reprodução

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Policiais do 4º Batalhão da Polícia Militar do RN prendem homem portando uma vasta quantidade de drogas e equipamentos provenientes do tráfico na Redinha

Policiais do 4º Batalhão da PM prendem homem portando drogas e equipamentos provenientes do tráfico na Redinha

Policiais do 4º Batalhão da PM do Rio Grande do Norte prenderam na madrugada desta sexta-feira, 8 de outubro, um homem que tentava fugir do flagrante de portar um vasto material proveniente do tráfico de drogas na Redinha, na Zona Norte de Natal. A prisão ocorreu durante um patrulhamento de rotina realizado pelo 4º Batalhão da Polícia Militar, que perceberam a atitude suspeita do homem e o interceptaram no interior de uma casa.

Ao chegarem na casa, os policiais realizaram uma revista e encontraram 79 pedras de crack, além de 12 porções fracionadas de cocaína e 59 trouxas de maconha prensada. Com a droga, também foram encontradas três balanças de precisão, embalagens plásticas utilizadas para condicionar a droga, uma bateria portátil, duas facas e o valor de R$ 230,00 proveniente da venda de entorpecentes.

Após a prisão em flagrante, o homem e o material apreendido foram levados para delegacia de plantão da Zona Norte.

Foto: Reprodução/4º Batalhão da Polícia Militar

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Polícia encontra estufas de maconha e mais de 100 pés de Cannabis secos em Tibau do Sul

Polícia encontra estufas de maconha e mais de 100 pés de Cannabis secos em Tibau do Sul

Casa com diversas estufas de maconha foi encontrada na manhã desta quarta-feira (25) na Praia de Cacimbinhas, em Tibau do Sul.

Uma casa com diversas estufas com plantação de maconha foi encontrada por policiais militares na manhã desta quarta-feira (25) na Praia de Cacimbinhas, no município de Tibau do Sul, a 72 km de Natal. Segundo o subtenente Aristelo Paiva, foram apreendidos 177 vasos de plantação de uma substância análoga à maconha, 100 pés de Cannabis secos, prontos para embalagem, e três recipientes contendo 18 mudas da planta.

Polícia encontra estufas de maconha e mais de 100 pés de Cannabis secos em Tibau do Sul

De acordo com o comandante, os policiais foram abordados pela proprietária do imóvel, que afirmou que vendeu a casa, mas o comprador não teria pago uma parte do valor. “Ela foi lá, pediu para que um chaveiro abrisse a casa e, lá dentro, foi surpreendida com a plantação de maconha”, conta.

“Ela foi atrás da gente e nos encontrou na Estrada da Pipa, muito aflita e apavorada, e nós fomos averiguar. Chegando lá, nos deparamos com todo esse material. Eram três quartos com várias estufas de maconha”, relatou o comandante. O material foi recolhido e será encaminhado ao Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP). O homem suspeito de cultivar a erva é um comerciante, que ainda não foi localizado pelos policiais.

Foto: Divulgação/PMRN

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Ciopar RN

Ciopar e 4ª CIPM apreendem 56 pés de maconha em São José de Campestre, no Rio Grande do Norte

Na tarde desta quarta-feira, 4, Ciopar e 4ª CIPM foram averiguar a existência da plantação de Cannabis em São José de Campestre e encontraram 56 pés.

A Polícia Militar encontrou uma plantação de maconha em uma fazenda município de São José de Campestre, no Agreste Potiguar. A ação foi realizada nessa quarta-feira (4). De acordo com a corporação, foram encontradas 56 plantas. Além disso, uma porção estava secando para ser prensada. Durante a ação, um homem que seria responsável pelo cultivo entrou em uma área de mata e conseguiu escapar.

Por volta das 17h, a Companhia Independente de Operações e Patrulhamento Rural (Ciopar), em operação conjunta com a 4ª Companhia Independente de Policia Militar de Santa Cruz (4ª CIPM), foi averiguar a existência da plantação de Cannabis no município. De acordo com os agentes da Ciopar, após incursão na caatinga, foram encontradas 56 plantas e uma porção secando para, em seguida, ser prensada.

Ao ser indagado sobre a propriedade do entorpecente, o proprietário da fazendo afirmou que suspeitava das ações do filho e não sabia ao certo quais atividades exercidas por ele. O homem autorizou a entrada dos policiais no quarto do suspeito. No cômodo, os militares encontraram 50 sementes. Embora não tenha sido realizada nenhuma perícia, os agentes da Ciopar suspeitam que podem ser sementes de maconha.

As plantas e as sementes, além da motocicleta do suspeito, foram conduzidas para a Central de Flagrantes em Natal. A Polícia Civil vai investigar o caso.

Foto: Divulgação/Ciopar RN

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Deicor e PRF

PRF e Deicor prendem homem com 106kg de maconha em Canguaretama

Em uma ação coordenada com a Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor), agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagraram e prenderam um homem de 39 anos com 106kg de maconha no município de Canguaretama, no Litoral Sul potiguar. Após a constatação de que se tratava de uma grande carga de droga, o homem foi preso. A ação ocorreu na tarde de domingo, 25 de julho.

De acordo com a Deicor, o suspeito já era conhecido por fazer a rota entre Pernambuco e Rio Grande do Norte. Diante da situação, os agentes passaram a informação para a Polícia Rodoviária Federal, que conseguiu visualizar o indivíduo no quilômetro 164 da BR-101, dando ordem de parada em seguida. Ao perceber a situação, o suspeito tentou fugir pela cidade de Canguaretama, mas teve a fuga abortada pelos PRFs.

Ao abrirem o veículo, os agentes deram de cara com 106kg acondicionados em caixas de papelão. “Cada quilo de maconha custa em média R$ 1.000,00. A apreensão deste domingo representou um prejuízo estimado em mais de cem mil reais ao crime organizado”, informou a corporação. Após a prisão, o traficante foi conduzido para a delegacia de Canguaretama.

Foto: PRF/Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Polícia Federal destrói 875 mil pés de maconha até abril, 3 vezes mais que em 2020

A PF (Polícia Federal) destruiu 875,5 mil pés de maconha entre janeiro e abril de 2021, uma quantidade 364% maior que os 188,7 incinerados no mesmo período do ano passado.

Os números fazem parte de balanço da PF e indicam um avanço no combate à maconha em diversos aspectos. A destruição de mudas também cresceu e alcançou 193,6 mil unidades, 102% maior que em 2020. E a apreensão da droga saltou 4%, para 76,3 toneladas.

Grande parte da quantidade erradicada foi encontrada no interior de Pernambuco, nas operações Fusarium e Fusarium II. Na segunda edição, em abril, foram erradicados 531 mil pés de maconha, que seriam suficientes para distribuir mais de 100 toneladas da droga.

Se de um lado houve aumento nas ações da PF em relação à maconha, houve redução no que diz respeito a outras drogas.

A cocaína, por exemplo, teve redução de 74,7% nas quantidades apreendidas, chegando a 19,7 toneladas. Algo semelhante ocorreu com o ecstasy. Os policiais tinham apreendido 135.612,7 comprimidos em 2020, mais que os 4.393 deste ano.

Já a apreensão de anfetaminas teve grande aumento, de 128 comprimidos para cerca de 17 mil.

Segundo a PF, o crescimento na apreensão de algumas drogas sintéticas pode refletir o fechamento de fronteiras no primeiro semestre do ano passado, em razão da pandemia de covid-19.

De acordo com Rafael Alcadipani, professor da FGV (Fundação Getúlio Vargas) e membro do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, a apreensão em si pode ser um trabalho de enxugar gelo se não vier acompanhada de uma ação mais profunda contra as quadrilhas. “É preciso que os traficantes sejam pegos e as quadrilhas desbaratadas”, afirma.

Nas rodovias federais, o crack foi a droga que mais cresceu proporcionalmente em quantidades apreendidas pela PRF (Polícia Rodoviária Federal). A quantidade interceptada nas operações foi de aproximadamente 700 quilos entre janeiro e abril.

O entorpecente ainda fica atrás de outros produtos encontrados pelos policiais, como a cocaína, mas tem um crescimento de 213% em relação ao mesmo período do ano passado – quando foram apreendidos 223,1 quilos.

R7
Foto: Divulgação/PF

É #FAKE que o Midway Mall vai cobrar pelo estacionamento Como consultar valores a receber com o Banco Central Morre Marília Mendonça após acidente aéreo; veja fotos CINCO deputados do RN votam pelo furo do teto de gastos Após rompimento de parceria com o Flow Podcast, hackers invadem iFood, trocam nome de restaurantes e dão apoio a Bolsonaro Azul mira compra da Latam Airlines e visa à criação de gigante sul-americana Homem se dá mal após tentar jogar drogas pela janela em Mossoró Adolescente de 16 anos é suspeito de matar os próprios irmãos, de 2 e 4 anos, no Rio de Janeiro Preço da gasolina sobe 47% em 2021 e já custa R$ 7,29 em Natal após novo reajuste Cidade faz ‘recall’ de vacinação após enfermeira da Cruz Vermelha injetar água e sal na população Mulher dá à luz dentro de elevador de condomínio na Grande Natal Operação Falsos Heróis: Polícia Federal deflagra 2ª fase de operação contra contrabando de cigarros; um policial foi preso e outro afastado