Suspeito de matar filha de Wendel Lagartixa

Wendel Lagartixa em Alcaçuz

Em 2013, Operação Hecatombe descobriu plano de resgate de Wendel Lagartixa em Alcaçuz

Durante as investigações que resultaram na Operação Hecatombe, no ano de 2013, que desarticulou um possível grupo de extermínio, a Polícia Federal descobriu um plano de resgate do policial militar Wendel Fagner Cortez de Almeida, conhecido como Wendel Lagartixa, quando ele estava preso no presídio Rogério Coutinho Madruga, anexo da penitenciária estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta.

Wendel Lagartixa, de acordo com as investigações da Operação Hecatombe, seria um dos integrantes do grupo de extermínio e, inclusive, exercia poder de liderança, segundo a Polícia Federal. Ele já estava preso desde abril daquele ano, em decorrência de um processo ao qual respondia, referente a um homicídio na cidade de Afonso Bezerra. Mesmo já estando detido, Wendel Fagner Cortez foi alvo de mais uma investigação policial e teve um novo mandado expedido.

O trabalho de investigação feito pela Operação Hecatombe atribuiu ao grupo pelo menos 22 homicídios, principalmente na zona Norte de Natal, mas também nas cidades de São Gonçalo do Amarante, Extremoz e Ceará-Mirim. Na época, 17 pessoas foram presas. Sete dos presos seriam, inclusive, seriam policiais militares do Rio Grande do Norte, incluindo Wendel.

Foto: Reprodução/Polícia Militar

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Notícias relacionadas ao PM Wendel Lagartixa:

Jackson Assis de Sousa

Morre Jackson Assis de Sousa, suspeito de matar filha de PM em Natal; homem morreu em confronto com a polícia

Jackson Assis de Sousa foi morto hoje, 11 de agosto, após confronto com a polícia militar no bairro Vale Dourado, na Zona Norte da capital. De acordo com informações, Jackson Assis de Sousa seria um dos suspeitos da morte da pequena Laura Cortez Gomes, filha do PM reformado Wendel Fagner Cortez de Almeida, conhecido como Wendel Lagartixa. A morte do suspeito ocorre horas depois ‘Lagartixa’ dizer, em entrevista ao Patrulha da Cidade, que Jackson era um dos envolvidos no atentado que vitimou sua filha.

Na entrevista, Wendel Cortez Gomes afirmou que iria entregar as imagens para a Polícia Civil do Rio Grande do Norte, que comprovariam a participação de Jackson Assis de Sousa no crime. “Quero que vocês sejam presos. A Paraíba, o Ceará e o Rio Grande do Norte estão na captura. Não para matar vocês, mas para prender. E, se eu fosse vocês, me entregava, porque a gente já sabe quem é (sic) vocês e vocês vão ser caçados, no bom sentido, e vão ser presos”, afirmou Wendel Lagartixa ontem.

Jackson Assis de Sousa
Foto: Reprodução

O atentado aconteceu no conjunto Gramoré, na Zona Norte de Natal, resultou na morte da sua filha, Laura Cortez de Almeida, de apenas quatro anos de idade, no início da tarde deste domingo (8), em pleno dia dos pais. De acordo com as informações, um veículo Celta de cor vermelha, onde supostamente estava Jackson Assis de Sousa, se aproximou do carro do PM Wendel Fagner Cortez de Almeida, conhecido como Wendel Lagartixa, e efetuou vários disparos.

O PM não foi atingido, mas sua filha que estava o acompanhando foi baleada no rosto. A criança foi levada para o Hospital Santa Catarina, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O carro dos criminosos foi encontrado abandonado, instantes depois. No dia do ocorrido, a assessoria de imprensa da Polícia Militar do RN informou que estava “com todo o efetivo empenhado para prender os responsáveis” pelo crime.

Foto: Reprodução/Internet

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Notícias relacionadas ao suposto suspeito Jackson Assis de Sousa, acusado de ser um dos responsáveis pela morte da menina de 4 anos:

É #FAKE que o Midway Mall vai cobrar pelo estacionamento Como consultar valores a receber com o Banco Central Morre Marília Mendonça após acidente aéreo; veja fotos CINCO deputados do RN votam pelo furo do teto de gastos Após rompimento de parceria com o Flow Podcast, hackers invadem iFood, trocam nome de restaurantes e dão apoio a Bolsonaro Azul mira compra da Latam Airlines e visa à criação de gigante sul-americana Homem se dá mal após tentar jogar drogas pela janela em Mossoró Adolescente de 16 anos é suspeito de matar os próprios irmãos, de 2 e 4 anos, no Rio de Janeiro Preço da gasolina sobe 47% em 2021 e já custa R$ 7,29 em Natal após novo reajuste Cidade faz ‘recall’ de vacinação após enfermeira da Cruz Vermelha injetar água e sal na população Mulher dá à luz dentro de elevador de condomínio na Grande Natal Operação Falsos Heróis: Polícia Federal deflagra 2ª fase de operação contra contrabando de cigarros; um policial foi preso e outro afastado